André Valle/Divulgação
André Valle/Divulgação

Português vence Feijão na estreia em Genebra e afunda brasileiro

João Souza é superado por xará por 2 sets a 0, parciais de 7/5 e 6/3

Estadão Conteúdo

18 de maio de 2015 | 09h51

No duelo de quase xarás, o brasileiro João Souza, o "Feijão", caiu diante do português João Sousa nesta segunda-feira, na estreia do Torneio de Genebra, na Suíça. O tenista número 2 do País caiu para o sexto cabeça de chave da competição por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/3, e ampliou seu jejum de vitórias para oito partidas.

Feijão vive péssimo momento no circuito justamente logo depois de alcançar o auge de sua carreira. O tenista já não vence desde o confronto diante da Argentina na Copa Davis, quando bateu Carlos Berlocq. Na época, ele vinha de boas campanhas no Brasil Open e no Rio Open e pouco depois faria história diante de Leonardo Mayer, quando perdeu no confronto mais longo da história da Davis.

A realidade atual, no entanto, é bem diferente. Feijão caiu de produção e já não sabe o que é vencer há oito partidas. Melhor para João Sousa, número 50 do mundo, que com o triunfo desta segunda garantiu vaga na segunda rodada do torneio. Agora, ele espera o vencedor do confronto entre bósnio Damir Dzumhur e o austríaco Jurgen Melzer para conhecer seu adversário.

Feijão até conseguiu levar o jogo equilibrado nesta segunda, mas falhou nos momentos decisivos. Sofreu uma quebra decisiva em cada set e viu o adversário arrancar para a vitória em 1h26min. Agora, o brasileiro se prepara para a disputa de Roland Garros, que começa no domingo.

Se o cabeça de chave número 6 venceu, o quinto está eliminado do Torneio de Genebra. O austríaco Andreas Haider-Maurer não resistiu ao russo Andrey Kuznetsov e perdeu por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4. Agora, o tenista vindo do qualifying pegará o vencedor do confronto entre seu compatriota Teymuraz Gabashvili e o argentino Federico Delbonis.


Tudo o que sabemos sobre:
tênisJoão SouzaFeijão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.