Pascal Rossignol/Reuters
Pascal Rossignol/Reuters

Pouille arrasa Darcis, França bate Bélgica e fatura seu 10º título da Copa Davis

Francês garante taça para o país após vitória por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/1 e 6/0

Estadão Conteúdo

26 Novembro 2017 | 16h10

Com uma atuação arrasadora neste domingo, Lucas Pouille venceu Steve Darcis por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/1 e 6/0, em apenas 1h34min, em Lille, e garantiu à França o título da Copa Davis de 2017. Com o triunfo, o país fechou em 3 a 2 a série melhor de cinco partidas que travou com a Bélgica na final da principal competição entre países do tênis masculino, na qual agora ostenta dez troféus.

+ Torneios de Grand Slam poderão multar tenistas que abandonem na 1ª rodada

Poucas horas antes desta vitória no quinto e último jogo da série decisiva, David Goffin manteve os belgas vivos na luta pela taça ao derrotar Jo-Wilfried Tsonga por 3 sets a 0. Porém, Pouille não teve dificuldades para confirmar o seu favoritismo diante de Darcis, atual 76º colocado do ranking mundial, que não foi páreo para o 18º tenista da ATP na quadra dura e coberta do estádio Pierre Mauroy, que estava lotada.

Absoluto com o saque na mão, Pouille ainda aproveitou sete de 11 chances de quebrar o serviço do rival belga, que acabou levando um "pneu" (6/0) no terceiro set que definiu o título para a França. O jogador da casa ganhou 89% dos pontos que disputou com o primeiro saque e 95% dos pontos que travou quando precisou usar o segundo.

Antes deste dois jogos deste domingo, a França ficou em vantagem de 2 a 1 na série decisiva ao ganhar a partida de duplas do último sábado. Na sexta-feira, nos dois primeiros confrontos de simples, Goffin derrotou Pouille e Tsonga bateu Darcis.

Para os franceses, o décimo título da Davis também teve um sabor especial pelo fato de que o país não ganhava a competição desde 2001, sendo que depois disso amargou vice-campeonatos em 2002, 2010 e 2014. A França também ergueu o troféu de campeã do tradicional torneio em 1927, 1928, 1929, 1930, 1931, 1932, 1991 e 1996.

Já a Bélgica, que nunca faturou o título da Davis, amargou o seu segundo vice-campeonato nos últimos três anos. Em 2015, a nação foi superada na decisão pela Grã-Bretanha, atuando em casa, na cidade de Gent. Mais de um século atrás, os belgas também foram derrotadas em uma final, então contra as hoje extintas Ilhas Britânicas, em 1904.

Mais conteúdo sobre:
Copa Davis Lucas Pouille Steve Darcis

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.