Presidente da CBT tenta liberar verba

Em busca de liberação de verbas para dirigir a Confederação Brasileira de Tênis (CBT), o novo presidente da entidade, Jorge Lacerda Rosa, vai a Brasília nesta quinta-feira com esperanças de conseguir o dinheiro proveniente da Lei Agnelo Piva, que não foi distribuido pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) para o tênis, em razão de processos contra a antiga gestão. "Está claro que o problema era com os ex-dirigentes e não contra a CBT. Por isso, não vejo razão para esta verba não ser liberada agora", disse Jorge Lacerda Rosa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.