Presidente da França está com orgulho do feito de Tsonga

Jo Wilfried Tsonga surpreende a todos com vitória esmagadora sobre Rafael Nadal, no Aberto da Austrália

Ansa

24 de janeiro de 2008 | 16h30

O presidente francês Nicolas Sarkozy afirmou se sentir "orgulhoso, como todos os franceses" da vitória esmagadora do tenista Jo Wilfried Tsonga, francês de origem congolesa, contra o espanhol Rafael Nadal, número dois do mundo, nas semifinais do Aberto da Austrália.   "Ele fez uma grande partida e toda a França está com ele" na final do primeiro Grand Slam do ano, acrescentou o presidente sobre o tenista.   Quando ministro do Interior, Sarkozy foi qualificado como xenófobo por apoiar a lei de "imigração qualificada".   Para o secretário de Esportes e ex-treinador da seleção nacional de rúgbi, Bernard Laporte, Tsonga faz honra aos franceses por sua "combatividade, sua técnica e seu grande talento" em quadra.   Quem também não quis perder a oportunidade de parabenizar o tenista "zebra" da competição foi o primeiro-ministro Francois Fillon, que conversou com Tsonga por  telefone.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.