Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Promotor admite romance com Hingis

O promotor público Christopher Calkin admitiu que começou um romance com Martina Hingis dois dias depois da condenação do australiano de origem croata Dubravko Rajcevic, a dois anos de prisão, por assedio à tenista suíça. Calkin era o responsável pela acusação de Rajcevic, cuja defesa apelou da condenação argumentando que o promotor e a tenista número 1 do mundo já tinham um relacionamento antes do julgamento. Calkin disse que, no dia seguinte à sentença, Hingis o convidou para visitá-la em sua casa, em Tampa, na Flórida. Segundo o promotor, nessa mesma noite e ele voou para a residência de Hingis e que no dia seguinte começaram ?uma relação física?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.