Rafael Nadal diminui vantagem de Federer no ranking da ATP

Melhor brasileiro da lista é Flávio Saretta, que tem 303 pontos e aparece na 138.ª posição

23 de julho de 2007 | 12h38

Com a conquista do Torneio de Stuttgart, o tenista espanhol Rafael Nadal subiu nesta segunda-feira para 5.455 pontos no ranking da Associação de Tenistas Profissionais (ATP) e diminuiu a diferença para o suíço Roger Federer, que lidera com 7.290 pontos.   Entre as dez primeiras posições, o destaque ficou para o russo Nikolay Davydenko, que assumiu o quarto lugar ao ultrapassar o norte-americano Andy Roddick - a diferença entre eles é de apenas 45 pontos.   Quem também está festejando é o alemão Tommy Haas, que foi beneficiado pelos maus resultados do norte-americano James Blake (em Los Angeles) e do checo Tomas Berdych (em Stuttgart). Haas voltou a ficar entre os dez primeiros, na nona posição.   Dos brasileiros, o melhor continua sendo Flávio Saretta, que tem 303 pontos e aparece na 138.ª posição. Em seguida está Ricardo Mello, com 289 pontos, na 149.ª colocação.   A maior evolução, no entanto, foi de Thomaz Bellucci, que subiu 65 posições ao conquistar o Challenger de Cuenca, no Equador - ele ocupa a 265.ª colocação, com 142 pontos.   Os 10 melhores do ranking da ATP:   1.º Roger Federer (SUI) - 7.290 pontos 2.º Rafael Nadal (ESP) - 5.455 3.º Novak Djokovic (SER) - 3.245 4.º Nikolay Davydenko (RUS) - 3.175 (+1 posição) 5.º Andy Roddick (EUA) - 3.130 (-1) 6.º Fernando González (CHI) - 2.770 7.º Tommy Robredo (ESP) - 2.085 8.º Richard Gasquet (FRA) - 2.085 9.º Tommy Haas (ALE) - 2035 (+2) 10.º James Blake (EUA) - 1.995 (-1)

Tudo o que sabemos sobre:
ranking ATP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.