John Mabanglo/Efe
John Mabanglo/Efe

Rafael Nadal e Novak Djokovic avançam às quartas de final nos EUA

Favoritos se classificaram em Indian Wells e espanhol vai enfrentar Roger Federer

Agência Estado,

14 de março de 2013 | 08h53

INDIAN WELLS - O sérvio Novak Djokovic e o espanhol Rafael Nadal se classificaram na noite desta quarta-feira para as quartas de final do Masters 1000 de Indian Wells, na Califórnia.

Nadal enfrentou dificuldades, mas conseguiu avançar ao vencer, de virada, o letão Ernests Gulbis, 67º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/4 e 7/5, em 2 horas e 32 minutos. Assim, passou a somar cinco triunfos nos cinco duelos que já fez com Gulbis.

Nas quartas de final, Nadal vai reencontrar um velho conhecido. O número 5 do mundo terá pela frente o suíço Roger Federer, que eliminou o compatriota Stanilas Wawrinka (6/3, 6/7 e 7/5). No seu retorno às quadras após longo período de afastamento por causa de lesão no joelho, Nadal conquistou os títulos do Brasil Open e do Torneio de Acapulco. Agora, tentará seguir vivo em Indian Wells diante de Federer, contra quem soma 18 vitórias e 10 derrotas.

O último duelo entre eles foi disputado nas semifinais de Indian Wells no ano passado, com vitória de Federer. Desde 2004, quando Nadal e o suíço se enfrentaram pela primeira vez, pela terceira rodada do Masters 1000 de Miami, com vitória do espanhol, eles nunca mais se cruzaram tão cedo em um torneio.

O primeiro set da partida entre Nadal e Gulbis não teve quebras de serviço até o 10º game, quando o espanhol perdeu o seu saque e acabou sendo batido por 6/4. Na segunda parcial, Nadal chegou a ter o seu saque quebrado uma vez, mas conseguiu duas quebras para devolver o 6/4.

Assim, a disputa seguiu para o terceiro set. Nadal quebrou o saque de Gulbis no 11º game e confirmou o seu serviço em seguida para fechar a parcial em 7/5 e o jogo em 2 sets a 1.

Número 1 do mundo, Djokovic avançou ao derrotar o norte-americano Sam Querrey, 23º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 0, com parciais de 6/0 e 7/6 (8/6). O triunfo na partida encerrada apenas na madrugada desta quinta-feira serviu como vingança para Djokovic, afinal, Querrey foi o último tenista a derrotá-lo, no dia 31 de outubro de 2012, no Masters 1000 de Paris.

Depois disso, o sérvio venceu 21 jogos, sendo 16 deles neste ano. Classificado às quartas de final, o número 1 do mundo vai encarar nas quartas de final o francês Jo-Wilfried Tsonga, oitavo colocado no ranking da ATP.

Número 7 do mundo, o argentino Juan Martin del Potro também avançou no Masters 1000 de Indian Wells ao vencer o alemão Tommy Haas, 19º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/2. Nas quartas de final, ele vai enfrentar o britânico Andy Murray, que derrotou o também argentino Carlos Berlocq (7/6 e 6/4).

DUPLAS - O brasileiro Bruno Soares se classificou na noite de quarta para as semifinais da chave de duplas do Masters 1000 de Indian Wells. Em parceria com o austríaco Alexander Peya, ele derrotou o britânico Colin Fleming e o australiano Paul Hanley por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 4/6 e 10/5.

Soares e Peya se classificaram pela primeira vez para as semifinais de um Masters 1000, mas foram campeões do Brasil Open deste ano e acumulam quatro títulos desde que começaram a jogar juntos no segundo semestre de 2012. Agora, eles vão encarar o polonês Jerzy Janowicz e o filipino Tret Huey, que passaram pelos norte-americanos James Blake e Mardy Fish (7/5 e 6/2).

Já Marcelo Melo foi eliminado nas quartas de final de duplas de Indian Wells. O brasileiro e o croata Ivan Dodig perderam para o mexicano Santiago Gonzalez e o norte-americano Scott Lipsky por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 10/5. Lipsky e Gonzalez farão a outra semifinal do torneio californiano com os irmãos norte-americanos Bob e Mike Bryan.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.