Alessia Pierdomenico/Reuters
Alessia Pierdomenico/Reuters

Rafael Nadal toma susto, mas bate italiano de virada em Roma

Número 1 do mundo venceu Paolo Lorenzi por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (5/7), 6/4 e 6/0

AE, Agência Estado

11 de maio de 2011 | 12h01

O espanhol Rafael Nadal chegou a flertar com a eliminação logo na estreia do Masters 1.000 de Roma, nesta quarta-feira, mas reagiu e confirmou o seu favoritismo diante do italiano Paolo Lorenzi. O tenista número 1 do mundo venceu por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 6/7 (5/7), 6/4 e 6/0, e se garantiu nas oitavas de final.

Cabeça de chave número 1 do torneio disputado em quadras de saibro na Itália, Nadal precisou jogar mais de duas horas e meia para despachar o atual 148.º colocado do ranking mundial, que no dia anterior havia surpreendido o brasileiro Thomaz Belucci com um triunfo por 2 sets a 0.

Após o resultado obtido com sofrimento na estreia, Nadal irá encarar nas oitavas de final o vencedor do confronto entre o espanhol Feliciano Lopez e o alemão Philipp Kohlschreiber, que também jogam nesta quarta.

Derrotado pelo sérvio Novak Djokovic na final do Masters 1.000 de Madri no último domingo, Nadal voltou a encarar um duelo complicado nesta quarta. Diante de um franco-atirador que não tinha nada a perder, o espanhol começou a cometer erros incomuns no fundo de quadra e viu o rival apostar em uma tática de subidas à rede e levar a disputa do primeiro set ao tie-break, no qual o italiano surpreendeu com uma vitória por 7/5.

Na segunda parcial, Lorenzi seguiu surpreendendo. Depois de ter o saque quebrado, devolveu a quebra e chegou a ficar empatado em 4 a 4 com Nadal, mas o espanhol conseguiu aproveitar nova chance de vencer no serviço do adversário e garantiu a vitória por 6/4.

Já no terceiro set, o que era um jogo difícil se transformou em um passeio de Nadal, que tomou conta das ações com três quebras consecutivas e confirmou os seus três serviços para sacramentar o triunfo com um 6/0.

Com aproveitamento de 75% dos pontos que disputou quando usou o seu primeiro serviço, Nadal acabou sofrendo para vencer por não ter conseguido ser feliz em vários momentos decisivos. Ele só conseguiu aproveitar seis das 13 chances que teve de ganhar games no saque do adversário. Já Lorenzi foi feliz em duas das três oportunidades que recebeu de vencer no serviço do espanhol.

A vitória de Nadal foi importante também pelo fato de que nesta semana ele corre o risco de perder a liderança do ranking mundial para Novak Djokovic, fato que só será concretizado nos próximos dias se o espanhol não passar das quartas de final em Roma.

Djokovic, por sua vez, soube nesta quarta que terá pela frente Stanislas Wawrinka nas oitavas de final. O tenista da Suíça se garantiu na próxima fase em Roma ao bater o italiano Filippo Volandri por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 3/6 e 6/2. Horas mais cedo, o sérvio, segundo cabeça de chave, estreou com vitória arrasadora sobre o polonês Lukasz Kubot por 6/0 e 6/3.

Outro favorito que já assegurou vaga nas oitavas de final nesta quarta foi o espanhol Nicolas Almagro. Nono cabeça de chave, ele superou o norte-americano Sam Querrey por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (6/4). Com isso, lutará por uma vaga nas quartas de final contra o sueco Robin Soderling, quinto cabeça de chave.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.