Rafter desiste de jogar em Montecarlo

Após a conquista da vaga para a semifinal da Copa Davis, como integrante da equipe australiana que derrotou o Brasil por 3 a 1, o tenista Patrick Rafter desistiu do ATP Tour de Montecarlo, de 16 a 22 de abril. Motivo: a mesma contusão no cotovelo direito, que o incomodou nos jogos da Davis em Florianópolis. A informação foi divulgada hoje pelos organizadores do torneio. Assim como Rafter, também não jogarão em Montecarlo, por contusão, o australiano Mark Philippoussis, o holandês Richard Krajicek e o norte-americano Jan-Michael Gambill.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.