Nestor Ponce/EFE
Nestor Ponce/EFE

Raonic bate Del Potro e avança às quartas em Montreal

Tenista derrotou argentino por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/4

AE, Agência Estado

08 de agosto de 2013 | 21h50

MONTREAL - Em um torneio em que os tenistas da casa estão dando muitas alegrias à torcida, o canadense Milos Raonic - o melhor do País no ranking mundial da ATP (13.º colocado) - deu nesta quinta-feira a sua contribuição para a festa. De forma convincente, derrotou o argentino Juan Martin del Potro por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/4, e avançou às quartas de final do Masters 1000 de Montreal.

Na luta por uma vaga nas semifinais, Raonic terá mais um duro desafio pela frente. Jogará nesta sexta contra o letão Ernests Gulbis, que mais cedo conseguiu eliminar nada menos que o britânico Andy Murray, atual número 2 do mundo e campeão do Torneio de Wimbledon desta temporada.

E alegria canadense foi ainda maior nesta quinta com uma vitória inesperada de outro tenista local. Contra o checo Tomas Berdych, cabeça de chave número 5 do torneio, Vasek Pospisil travou uma enorme batalha para ganhar por 2 sets a 1 - com parciais de 7/5, 2/6 e 7/6 (7/5). O seu rival nas quartas será o russo Nikolay Davydenko, que bateu o russo Alex Bogomolov Jr. por 2 a 0 (6/4 e 6/3).

Por fim, outra surpresa em Montreal. O australiano Marinko Matosevic derrotou o francês Benoit Paire por 2 sets a 1 - com parciais de 7/6 (9/7), 6/7 (10/12) e 6/3 - e agora terá outra dura missão. Nas quartas, jogará contra o espanhol Rafael Nadal.

DUPLAS

Na chave de duplas, os representantes brasileiros vão se enfrentar nas quartas de final. Nesta quinta, o mineiro Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya, que formam a segunda melhor parceria da temporada, derrotaram de virada o checo Tomas Berdych e o francês Michael Llodra por 2 sets a 1 - com parciais de 3/6, 7/6 (7/4) e 10 a 6 no super tie-break.

Seus próximos rivais serão o brasileiro Marcelo Melo e o croata Ivan Dodig, que nem precisaram entrar em quadra para avançar por causa da desistência da Supla formada pelo alemão Tommy Haas e pelo austríaco Jurgen Melzer.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.