Olga Maltseva/AFP
Olga Maltseva/AFP

Raonic bate português em São Petersburgo e encerra jejum de títulos

Canadense ergue troféu após mais de um ano com 2 a 1 na decisão

Estadão Conteúdo

27 de setembro de 2015 | 14h53

Após mais de um ano sem saber o que era levantar um troféu, Milos Raonic conquistou o título do Torneio de São Petersburgo neste domingo, em um duelo muito disputado. O canadense bateu o português João Sousa por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 3/6 e 6/3, em 2 horas e 7 minutos.

O último título do tenista havia sido no Torneio de Washington, no início de agosto de 2014. Desde então, passou por momentos difíceis e lesões - esteve fora de Roland Garros por conta de uma cirurgia no pé direito e caiu nas terceiras rodadas de Wimbledon e do US Open.

Mais uma vez, o saque foi uma arma de grande utilidade para Raonic, que emplacou 22 aces no jogo. No primeiro set, o jogador manteve o mesmo desempenho que apresentou durante todo o torneio e não teve seu serviço quebrado.

No entanto, Sousa mostrou muita resistência no segundo set, no qual salvou sete break points nos seus dois primeiros games de saque e ainda conseguiu ser o primeiro tenista a quebrar o saque do canadense em São Petersburgo. No decisivo set, Raonic conseguiu quebrar o serviço do adversário logo na primeira oportunidade e ainda salvou seis break points para conquistar a dura vitória.

Com o resultado, que lhe garantiu mais 250 pontos no ranking, o canadense alcançou a 12ª colocação na briga por uma das quatro vagas em aberto para o ATP Finals - classificam-se os oito melhores de 2015. No ranking da ATP, que conta o desempenho dos últimos 365 dias, Raonic ocupa a nona colocação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.