Raonic e Tsonga são surpreendidos e caem na estreia em Pequim

O canadense Milos Raonic e o francês Jo-Wilfried Tsonga não conseguiram confirmar as respectivas condições de quinto e oito cabeças de chave do Torneio de Pequim, nesta segunda-feira, quando acabaram eliminados já na estreia do ATP 500 realizado na China.

Estadão Conteúdo

05 de outubro de 2015 | 12h33

Atual nono colocado do ranking mundial, Raonic foi superado pelo sérvio Viktor Troicki, o 24º da ATP, que venceu por 2 sets a 0, com duplo 6/4. Já Tsonga, que sofreu com tonturas e chegou a pedir atendimento médico, caiu diante do austríaco Andreas Haider-Maurer por 7/6 (7/4) e 6/2.

Campeão do Torneio de Metz na semana retrasada, Tsonga também evitou usar a forte poluição que atinge Pequim como desculpa para o seu desempenho ruim na estreia. "Não é algo importante o que aconteceu quando eu fiquei um pouco tonto. A coisa mais importante para mim era o começo do jogo e o primeiro set eu perdi. O segundo set eu não joguei bem. Foi isso o que aconteceu. Hoje não perdi porque estava tonto, apenas perdi porque eu estava (jogando) mal", reconheceu.

Raonic, por sua vez, amargou sua primeira derrota em três jogos com Troicki, que anteriormente havia sido superado pelo canadense por duas vezes em 2012, no Masters 1000 de Toronto e no Torneio de Tóquio. E, com o primeiro triunfo sobre o rival, o sérvio se credenciou para encarar na próxima fase o vencedor da partida entre o taiwanês Yen-Hsun Lu e o francês Adrian Mannarino.

Já Haider-Maurer medirá forças com o norte-americano Jack Sock, que nesta segunda-feira derrotou o russo Teymuraz Gabashvili por 6/4 e 6/3.

Diferentemente de Raonic e Tsonga, que caíram como favoritos, o belga David Goffin justificou o status de sétimo cabeça de chave na estreia em Pequim. E o fez com facilidade ao derrotar o italiano Andreas Seppi por 6/2 e 6/3. Curiosamente, o seu próximo rival será outro italiano, Fabio Fognini, que na primeira rodada arrasou o eslovaco Martin Klizan por 6/2 e 6/1.

O checo Lukas Rosol também estreou com vitória nesta segunda ao superar o britânico Aljaz Bedene por 2 sets a 1, de virada, com 1/6, 7/6 (8/6) e 6/3. Assim, ele se credenciou para encarar na segunda rodada o ganhador do confronto entre o espanhol David Ferrer e o brasileiro Thomaz Bellucci, programado para esta terça.

E o chinês Ze Zhang ganhou grandes chances de encarar o líder do ranking mundial, Novak Djokovic, na segunda rodada em Pequim ao passar nesta segunda pelo usbeque Denis Istomin com parciais de 6/3, 1/6 e 6/3. O sérvio irá estrear nesta terça, contra o italiano Simone Bolelli, como franco favorito a uma vitória.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.