Will Oliver/EFE
Will Oliver/EFE

Raonic perde para 698º do ranking e Wawrinka também cai na estreia em Queen's

Azarão australiano Thanasi Kokkinakis desbanca favoritismo do adversário com uma vitória por 2 sets a 0

Estadao Conteudo

20 de junho de 2017 | 13h06

A primeira rodada do Torneio de Queen's contou com duas surpresas em dois jogos já encerrados nesta terça-feira pela primeira rodada do ATP 500 realizado em Londres, que é preparatório para o Grand Slam de Wimbledon. A principal delas foi a derrota do canadense Milos Raonic, atual sexto colocado do ranking mundial, para o azarão australiano Thanasi Kokkinakis, hoje apenas o 698º tenista da ATP, que desbancou o favoritismo do adversário com uma vitória por 2 sets a 0, com duplo 7/6, ao levar a melhor em dois equilibrados tie-breaks que terminaram em 7/5 e 10/8.

Terceiro cabeça de chave, Raonic é o atual vice-campeão da competição inglesa e também levou o vice-campeonato de Wimbledon na temporada passada, quando foi superado nestas duas decisões pelo britânico Andy Murray.

Kokkinakis, de apenas 21 anos, comemorou nesta terça-feira a sua primeira vitória sobre um Top 10 do ranking mundial. E o grande feito foi obtido depois de ele ter sofrido com lesões nos últimos 22 meses. Por causa de um problema no ombro, o jovem australiano disputou apenas um jogo no circuito profissional em 2016 e ficou afastado das quadras na maior parte deste ano em razão das lesões.

"Isso (essa vitória sobre Raonic) é tudo. É enorme para mim. Eu fiquei afastado por muito tempo", festejou o australiano, que com o triunfo expressivo desta terça-feira se credenciou para enfrentar na próxima fase em Queen's o vencedor da partida entre o francês Nicolas Mahut e o russo Daniil Medvedev, também programada para acontecer nesta terça.

O jovem australiano triunfou diante de Raonic neste inédito duelo entre os dois em um jogo no qual o canadense não soube aproveitar o grande número de chances que teve de quebrar o saque do adversário. Foram nove break points e ele não converteu nenhum deles. Enquanto isso, Kokkinakis não ameaçou o serviço do favorito por nenhuma vez em todo o duelo, mas conseguiu ser mais eficiente nos dois tie-breaks para ganhar.

O confronto também foi marcado pelo encontro de dois bons sacadores, sendo que este fundamento faz muita diferença em quadras de grama, que são mais rápidas e dificultam as devoluções. Ao total, Raonic acumulou 18 aces, contra 15 do australiano.

Após Kokkinakis abrir a programação de duelos do dia vencendo na condição de convidado da organização para entrar na chave principal, o suíço Stan Wawrinka foi outro tenista de destaque não conseguiu sustentar favoritismo em sua estreia. O atual terceiro colocado do ranking mundial acabou sendo derrotado pelo espanhol Feliciano López por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 7/5.

López também surpreendeu, mas é um experiente tenista de 35 anos, ocupa a 32ª posição da ATP e já havia dado trabalho ao suíço no único duelo anterior que os dois travaram na grama, em 2014, quando obrigou o adversário a jogar dois tie-breaks em uma derrota por 3 sets a 0 em Wimbledon.

Esse foi a terceira vitória do espanhol em quatro jogos com Wawrinka, que é o segundo cabeça de chave em Londres e também já havia sido superado pelo rival no Masters de Madri de 2008 e no Torneio de Gstaad de 2013. Agora, com o mais expressivo destes três triunfos sobre o suíço, López avançou à segunda rodada e terá como próximo rival o ganhador da partida entre o francês Jeremy Chardy e o britânico Liam Broady.

Em outras duas partidas já encerradas nesta terça em Queen's, o norte-americano Stefan Kozlov e o francês Julien Benneteau também estrearam com vitórias. O primeiro deles passou pelo seu compatriota Steve Johnson, de virada, com parciais de 3/6, 6/1 e 6/1. Já o tenista da França arrasou o britânico James Ward por duplo 6/2.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisMilos RaonicStan Wawrinka

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.