?Rei Guga?, invencível no saibro

Com mais uma conquista importante, como no Masters Series de Montecarlo, Gustavo Kuerten justificou o título de novo rei do saibro. Esta foi a marca do austríaco Thomas Muster, tenista que ficou 40 partidas sem perder nesta superfície, ao vencer sete torneios consecutivos entre fevereiro a junho de 1995. Guga ainda não atingiu esta marca. Mas está há praticamente um ano sem perder nesta superfície em torneios da ATP. Não fosse pela recente derrota na Copa Davis, em Florianópolis, para o australiano Lleyton Hewitt, estaria invicto a 30 partidas. Pelo menos nos torneios da ATP, Guga não perde há 29 jogos, desde a final do Masters Series de Roma, em maio do ano passado, quando caiu diante do sueco Magnus Norman. Depois iniciou uma série impressionante de conquistas no saibro: ganhou o Masters Series de Hamburgo, levantou o troféu de bicampeão em Roland Garros, iniciou a atual temporada com vitória em Buenos Aires, seguiu invicto até Acapulco e agora ganha em Montecarlo. Para igualar-se ao recorde de Musters, de 40 vitórias, Guga precisa conquistar os títulos de Barcelona e Roma. O maior recordista de vitórias no saibro, no entanto, ainda é o sueco Bjorn Borg. No período entre 1977 e 79, chegou a ficar 44 jogos sem perder, um recorde impressionante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.