EFE
EFE

República Checa derrota Espanha e é campeã da Davis

PRAGA - A República Checa conquistou neste domingo o título da Copa Davis, torneio entre países do tênis masculino. Diante de sua torcida, em Praga, a equipe checa derrotou a Espanha por 3 jogos a 2, graças à vitória decisiva de Radek Stepanek sobre Nicolas Almagro por 3 sets a 1, com parciais de 6/4, 7/6 (7/0), 3/6 e 6/3.

AE, Agência Estado

18 de novembro de 2012 | 17h17

Essa é a segunda vez na história que a República Checa conquista o título da Davis, repetindo o feito de 1980, quando o país ainda era a Checoslováquia - os maiores campeões são os Estados Unidos, com 32 taças. Além disso, os checos conseguem se vingar da Espanha, para quem tinham perdido a final de 2009.

A Espanha chegou ao vice-campeonato da Davis sem poder contar com seu principal tenista. Rafael Nadal, atualmente o número 4 do mundo, está afastado das quadras desde junho, por causa de uma lesão no joelho esquerdo, e desfalcou a equipe espanhola desde as quartas de final da competição entre países.

Com a ausência do astro, o capitão Alex Corretja apostou na formação com Almagro e David Ferrer, além dos duplistas Marcel Granollers e Marc Lopez. Assim, a Espanha fez uma final equilibrada com a República Checa, mas não conseguiu chegar ao seu sexto título na Davis - já ganhou o torneio em 2000, 2004, 2008, 2009 e 2011.

A decisão do título da Davis foi extremamente equilibrada. No primeiro dia da final, na última sexta-feira, cada país somou uma vitória. A República Checa fez 1 a 0 com Tomas Berdych e a Espanha deixou tudo igual com Ferrer. Depois, no sábado, Berdych e Stepanek venceram a dupla espanhola formada por Granollers e Marc Lopez.

Neste domingo, a República Checa precisava apenas de uma vitória nos dois jogos programados para poder ficar com o título do torneio. Mas a Espanha ganhou uma sobrevida no primeiro duelo do dia, com a vitória de Ferrer sobre Berdych por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/3 e 7/5, em 2 horas e 25 minutos de partida.

Aí, a decisão do título ficou para o quinto e último jogo do confronto. Mesmo ocupando a 37ª colocação do ranking, Stepanek dominou a disputa deste domingo com Almagro, atualmente o número 11 do mundo, e acabou vencendo em 3 horas e 52 minutos, transformando a República Checa na nova campeã da Copa Davis.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisCopa Davis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.