Claude Paris / AP
Claude Paris / AP

República Checa e Estados Unidos avançam e vão se enfrentar na final da Fed Cup

Na semifinal do torneio em 2017, checas levaram a melhor sobre as americanas

Estadão Conteúdo

22 de abril de 2018 | 15h34

Com triunfos obtidos fora de casa no último dia de disputas das semifinais, República Checa e Estados Unidos se garantiram neste domingo na decisão da Fed Cup, a versão feminina da Copa Davis de tênis. Atuando fora de casa, em Stuttgart, as checas fecharam a série melhor de cinco partidas contra a Alemanha em 4 a 1, enquanto as norte-americanas derrotaram a França por 3 a 2, em Aix-en-Provence, também como visitantes.

+ Nadal leva 11º troféu em Montecarlo, vira maior vencedor de Masters e segue nº 1

+ Bia Haddad é a única representante do Brasil na chave principal de Roland Garros

Estes dois embates ocorreram em quadras de saibro cobertas e a Alemanha chegou a ter alguma esperança de reagir neste domingo ao ver Julia Goerges, atual 11ª colocada do ranking mundial, abrindo o dia derrotando Karolina Pliskova, a sexta tenista da WTA, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2.

Logo em seguida, porém, Petra Kvitova fez valer a condição de décima do ranking para garantir a passagem das checas à final ao arrasar a ex-número 1 do mundo e hoje 12ª colocada, Angelique Kerber, por duplo 6/2.

Na sequência, apenas para cumprir tabela no jogo de duplas, Katerina Siniakova e Barbora Strycova venceram Julia Goerges e Anna-Lena Groenefeld, que desistiram do confronto logo depois de perderem o primeiro set por 7/5.

No último sábado, na abertura do confronto em Stuttgart, Kvitova derrotou Goerges e Pliskova superou Kerber em sets diretos para abrir 2 a 0 para as visitantes.

Dez vezes campeã da Fed Cup, a República Checa superou a Alemanha pela oitava vez em nove confrontos com a adversária na Fed Cup. E agora, na luta pelo seu 11º título da competição, vai encarar os Estados Unidos em sua sexta decisão nos últimos oito anos.

Já na outra semifinal da competição, os Estados Unidos asseguraram lugar na final ao triunfarem nos dois jogos de simples deste domingo, após o sábado acabar com uma vitória para cada lado. Atual nona colocada da WTA, Sloane Stephens abriu o dia arrasando Kristina Mladonevic, a 14ª do ranking, por 6/2 e 6/0.

Em seguida, Madison Keys, número 13 do mundo, garantiu a vaga norte-americana na decisão ao superar Pauline Parmentier, apenas a 122ª da WTA, por 7/6 (7/4) e 6/4.

Na sequência, Amandine Hesse e Kristina Mladenovic ainda derrotaram Bethanie Mattek-Sands e Coco Vandeweghe por 2 sets a 1, com 6/4, 3/6 e 10/6, no jogo de duplas e apenas descontaram o placar final deste confronto para 3 a 2.

A decisão da Fed Cup está marcada para acontecer nos dias 11 e 12 de novembro, em solo checo. No ano passado, os dois países se cruzaram nas semifinais e as checas venceram as norte-americanas no embate realizado em Tampa, nos Estados Unidos.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisFed Cup

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.