Petr Josek/Reuters
Petr Josek/Reuters

República Checa supera Argentina e vai às finais da Copa Davis

Berdych e Stepanek massacram Berlocq e Zeballos por 3 sets a 0

AE, Agência Estado

14 de setembro de 2013 | 12h09

PRAGA - A República Checa é a primeira finalista da Copa Davis. Atuais campeões, os checos garantiram o direito de brigar pelo segundo título consecutivo do torneio neste sábado, ao confirmarem a vitória sobre a Argentina nas semifinais com a vitória no confronto de duplas. Tomas Berdych e Radek Stepanek não tomaram conhecimento de Carlos Berlocq e Horácio Zeballos e venceram por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/4 e 6/2, para delírio da torcida em Praga.

Com o resultado, a República Checa fechou o confronto melhor de cinco jogos da semifinal com um tranquilo 3 a 0, sem a necessidade de disputar os dois jogos finais de simples, marcados para o domingo. Na terça, os checos haviam colocado a mão na vaga ao vencerem as duas primeiras partidas, quando Radek Stepanek passou por Juan Monaco e Tomas Berdych bateu Leonardo Mayer.

Inicialmente, Lukas Rosol e Jiri Vesely estavam escalados para a partida de duplas, mas o capitão checo Jaroslav Navratil decidiu colocar o que tinha de melhor em quadra e apostou em Berdych e Stepanek, como na decisão do ano passado. Na ocasião, a vitória dos duplistas foi essencial para que o país batesse a Espanha por 3 a 2.

Com a queda na semifinal, os argentinos seguem sem nenhum título na Copa Davis e perderam a chance de chegar à quinta decisão - a última foi em 2011. Já os checos vão em busca de seu terceiro título, tendo vencido, além de 2012, também em 1980, quando o país ainda era a Checoslováquia. Agora, a República Checa espera o vencedor da outra semifinal, entre Sérvia e Canadá, para conhecer seu adversário na final.

Atuando em casa, os checos não deram chances para os argentinos neste sábado. Desde o primeiro set, Berdych e Stepanek mostraram a superioridade para cima de Berlocq e Zeballos, que em nenhum momento esboçaram uma reação. Foram quatro quebras de serviço para os vencedores, contra nenhuma dos argentinos.

BRITÂNICOS PASSAM À FRENTE

Também neste sábado, a Grã-Bretanha ficou em vantagem no duelo contra a Croácia pelo playoff do Grupo Mundial da Copa Davis. Colin Fleming e Andy Murray venceram a partida de duplas diante de Ivan Dodig e Mate Pavic por 3 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/2, 6/7 (6/8) e 6/1, e garantiram o segundo ponto dos britânicos, contra apenas um dos croatas.

Com o resultado, a Grã-Bretanha precisa de apenas mais uma vitória em um dos dois jogos de simples neste domingo para garantir a permanência no Grupo Mundial. Número 3 do mundo, Murray é a principal esperança diante de Dodig. Na última partida do dia, Daniel Evans enfrentará Borna Coric.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.