Petr Josek/Reuters
Petr Josek/Reuters

República Checa supera Argentina e vai às finais da Copa Davis

Berdych e Stepanek massacram Berlocq e Zeballos por 3 sets a 0

AE, Agência Estado

14 de setembro de 2013 | 12h09

PRAGA - A República Checa é a primeira finalista da Copa Davis. Atuais campeões, os checos garantiram o direito de brigar pelo segundo título consecutivo do torneio neste sábado, ao confirmarem a vitória sobre a Argentina nas semifinais com a vitória no confronto de duplas. Tomas Berdych e Radek Stepanek não tomaram conhecimento de Carlos Berlocq e Horácio Zeballos e venceram por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/4 e 6/2, para delírio da torcida em Praga.

Com o resultado, a República Checa fechou o confronto melhor de cinco jogos da semifinal com um tranquilo 3 a 0, sem a necessidade de disputar os dois jogos finais de simples, marcados para o domingo. Na terça, os checos haviam colocado a mão na vaga ao vencerem as duas primeiras partidas, quando Radek Stepanek passou por Juan Monaco e Tomas Berdych bateu Leonardo Mayer.

Inicialmente, Lukas Rosol e Jiri Vesely estavam escalados para a partida de duplas, mas o capitão checo Jaroslav Navratil decidiu colocar o que tinha de melhor em quadra e apostou em Berdych e Stepanek, como na decisão do ano passado. Na ocasião, a vitória dos duplistas foi essencial para que o país batesse a Espanha por 3 a 2.

Com a queda na semifinal, os argentinos seguem sem nenhum título na Copa Davis e perderam a chance de chegar à quinta decisão - a última foi em 2011. Já os checos vão em busca de seu terceiro título, tendo vencido, além de 2012, também em 1980, quando o país ainda era a Checoslováquia. Agora, a República Checa espera o vencedor da outra semifinal, entre Sérvia e Canadá, para conhecer seu adversário na final.

Atuando em casa, os checos não deram chances para os argentinos neste sábado. Desde o primeiro set, Berdych e Stepanek mostraram a superioridade para cima de Berlocq e Zeballos, que em nenhum momento esboçaram uma reação. Foram quatro quebras de serviço para os vencedores, contra nenhuma dos argentinos.

BRITÂNICOS PASSAM À FRENTE

Também neste sábado, a Grã-Bretanha ficou em vantagem no duelo contra a Croácia pelo playoff do Grupo Mundial da Copa Davis. Colin Fleming e Andy Murray venceram a partida de duplas diante de Ivan Dodig e Mate Pavic por 3 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/2, 6/7 (6/8) e 6/1, e garantiram o segundo ponto dos britânicos, contra apenas um dos croatas.

Com o resultado, a Grã-Bretanha precisa de apenas mais uma vitória em um dos dois jogos de simples neste domingo para garantir a permanência no Grupo Mundial. Número 3 do mundo, Murray é a principal esperança diante de Dodig. Na última partida do dia, Daniel Evans enfrentará Borna Coric.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.