Revelação argentina ameaça André Sá

O promissor tênis argentino, que conta com sete tenistas entre os 50 primeiros da ATP e dez entre os cem, revela mais um talento. É Juan Martin Del Potro, de apenas 17 anos, e que ameaça fortemente o favoritismo do brasileiro André Sá, na final deste sábado do Credicard Mastercard, em Campos do Jordão. Com 1,93 metro, frio em quadra, como se fosse um veterano, golpes fáceis e seguros, não deixa dúvidas de que num futuro breve estará entre os líderes do ranking. "Meu sonho é ser número 1 do mundo", afirma o jovem tenista que já tomou a decisão de não mais jogar torneios juvenis e dedicar-se exclusivamente ao profissionalismo. "Tenho muito ainda pela frente, mas espero chegar logo entre os cem primeiros". Del Potro é atualmente o número 297 da ATP e espera somar pontos suficientes em Campos do Jordão para melhorar sua classificação e disputar o qualifying do US Open, no próximo mês. E com um jogo de nível invejavel, não será nenhuma surpresa se já no próximo Grand Slam mais um tenista argentino aparecer com grande brilho. Em Campos do Jordão, Del Potro chegou a final depois de eliminar o brasileiro Marcos Daniel por 6/3 e 7/6 (7/3), enquanto André Sá bateu o mexicano Santiago Gonzalez por 6/1 e 6/2. O jogo será às 12 horas e o campeão leva um prêmio de US$ 7,2 mil e soma 60 pontos para o ranking da ATP.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.