Alastair Grant/AP
Alastair Grant/AP

Rio Open confirma presença de Bruno Soares e Jamie Murray para 2019

Será a sexta participação do duplista brasileiro no torneio de nível ATP 500

Felipe Rosa Mendes, O Estado de S.Paulo

05 Dezembro 2018 | 05h00

Maior torneio da América do Sul, o Rio Open voltará a contar com o brasileiro Bruno Soares em 2019. O duplista confirmou presença ao lado do parceiro, o escocês Jamie Murray, para a competição que será realizada entre os dias 18 e 24 de fevereiro, no Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro.

Será a sexta participação de Soares no torneio de nível ATP 500. Nas cinco anteriores, ele parou na semifinal em todas, com três parceiros diferentes. "Infelizmente, ainda não tive a chance de disputar uma final no Rio. Mas eu e o Jamie gostamos muito de jogar no Rio, especialmente no caldeirão da Quadra 1 e estamos confiantes de que esse será o ano", projeta Soares, atual número sete do mundo na lista individual de duplas.

A presença da quarta melhor dupla da temporada 2018 foi comemorada pelo diretor do Rio Open, Luiz Carvalho. "O Brasil é muito bem representado no circuito pelos duplistas e o Bruno tem grande parcela de todo esse sucesso. No Rio, ele tem muito apoio do público e esperamos quem em 2019 um brasileiro possa sair campeão em uma Quadra Guga Kuerten lotada de torcedores brasileiros", afirma.

Soares é o segundo brasileiro confirmado na competição. O primeiro foi Thiago Wild, campeão da chave juvenil do US Open. O tenista de 18 anos assegurou seu lugar na chave principal de simples ao faturar o título do Maria Esther Bueno Cup, torneio voltado para os talentos juvenis do País, disputado no mês passado, em São Paulo.

O duplista Marcelo Melo ainda não garantiu sua presença na competição. E os principais tenistas de simples do Brasil vão depender de convites ou da vaga através do qualifying por não terem ranking suficiente para entrar direto na chave principal. Thiago Monteiro (123º), Rogério Dutra Silva (165º) e Thomaz Bellucci (242º) devem disputar um dos convites disponíveis - o outro é reservado para a IMG, empresa parceria da IMM, a promotora da competição. 

No Rio Open, Bruno Soares pretende dar sequência à boa fase vivida no segundo semestre deste ano, quando obteve dois títulos e um vice na reta final da temporada. "A expectativa é muito boa, queremos compensar no primeiro semestre do ano que vem o que conseguimos obter no primeiro deste ano", disse Soares ao Estado.

"Foi um ano não muito bom até Roland Garros. Depois disso, conseguimos acertar a sintonia, pegamos um pouco de fôlego e confiança, a coisa embalou bem. Espero que possamos manter isso para o ano que vem. Queremos buscar títulos de Grand Slam e a vaga para o ATP Finals", projetou o tenista, dono de dois títulos de Slam nas duplas masculinas.

Após um breve período de férias em Florianópolis, Soares já iniciou a pré-temporada, que será concluída em Miami nas próximas semanas, ao lado de Murray. Dos Estados Unidos, a dupla viajará no fim do ano para iniciar a nova temporada no Torneio de Doha. A competição começa no dia 31 deste mês.

Na sequência, a dupla competirá em Sydney e no Aberto da Austrália, em Melbourne. Em seguida, vão disputar o Rio Open, no único evento de saibro deles neste período, antes de jogar em Acapulco e nos Masters 1000 de Indian Wells e Miami, na América do Norte.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.