Divulgação
Divulgação

Rio Open dá convite para mais uma tenista brasileira

Paula Gonçalves se junta Teliana Pereira e Bia Haddad Maia na chave principal

Agência Estado

09 de fevereiro de 2014 | 18h05

RIO - Depois de Bia Haddad, mais uma tenista brasileira ganhou convite para disputar o Rio Open, que acontecerá de 15 a 23 de fevereiro, no Rio. Paula Gonçalves, que tem 23 anos e ocupa a 314ª colocação do ranking, foi chamada pela organização do torneio para entrar na chave principal. Assim, o Brasil terá três representantes na disputa feminina, já que Teliana Pereira, hoje a número 92 do mundo, tinha vaga garantida.

Com premiação de US$ 1,3 milhão no masculino e US$ 250 mil no feminino, o Rio Open terá sua primeira edição neste ano, tornando-se o principal torneio de tênis no Brasil. Entre os maiores destaques da disputa estão o espanhol Rafael Nadal, número 1 do mundo, e a checa Klara Zakopalova, que ocupa a 34ª colocação do ranking. Além das três brasileiras, Thomaz Bellucci, Bruno Soares e Marcelo Melo estão confirmados.

Bia Haddad, de apenas 17 anos, tinha sido convidada na última quinta-feira para jogar a chave principal do torneio - número 291 do mundo, ela está voltando agora ao circuito, após sofrer cirurgia no ano passado. E neste domingo foi a vez de Paula Gonçalves, que no dia anterior ajudou a equipe brasileira, junto com Teliana Pereira, a conquistar o Zonal Americano da Fed Cup, versão feminina da Copa Davis.

"A Paulinha merece esse convite. Ela está numa fase importante da carreira, amadureceu muito nos últimos dois anos, vem disputando torneios cada vez maiores e é uma oportunidade especial que ela terá de jogar um WTA", disse o diretor do Torneio, Luiz Carvalho. "Estou radiante. Nada melhor do que começar a temporada assim, com essa conquista (Fed Cup) e agora o convite para o Rio Open", comemorou a tenista.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisRio Open

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.