Roddick atropela argentino e avança em Miami

O norte-americano Andy Roddick, número 6 do mundo, atropelou o argentino Diego Junqueira nesta sexta-feira em sua estreia no Masters 1000 de Miami. Roddick aplicou 2 sets a 0, com duplo 6/1, em apenas 58 minutos de jogo.

AE, Agencia Estado

27 de março de 2009 | 22h40

Jogando com o apoio da torcida, Roddick demonstrou sua superioridade desde o início. Com seu forte saque, acertou 5 aces e não teve o serviço ameaçado em nenhum momento do confronto.

Para definir o jogo, quebrou o saque do adversário em cinco oportunidades e assegurou vaga na terceira rodada do torneio. Na próxima fase, o americano vai encarar o russo Dmitry Tursunov, número 26 do ranking.

A rodada desta sexta também foi marcada por boas vitórias dos tenistas franceses. Gilles Simon, atual número 8 do ranking, não deu chances ao australiano Lleyton Hewitt, ex-número 1. Simon cedeu apenas três games e venceu o confronto por 2 a 0, com parciais de 6/1 e 6/2, em 1 hora e 25 minutos.

Jo-Wilfried Tsonga, 11.º do ranking, não teve problemas para avançar na competição. Em apenas 54 minutos, ele bateu o argentino Agustin Calleri por duplo 6/1. Agora, o francês vai enfrentar o americano Robert Kendrick, número 85 da lista da ATP.

Mais cedo, Paul-Henri Mathieu impediu a recuperação do cipriota Marcos Baghdatis no circuito e venceu o adversário por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 2/6 e 6/2. Na terceira rodada, o francês vai encarar o sérvio Novak Djokovic, número 3 do mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.