Mike Brown/Reuters
Mike Brown/Reuters

Roddick cai diante de Malisse já na estreia em Memphis

Um dos favoritos ao título do ATP 500 vacila e perde para experiente atleta belga

AE, Agência Estado

23 de fevereiro de 2012 | 09h27

MEMPHIS - Cabeça de chave número 2 do Torneio de Memphis, o norte-americano Andy Roddick não conseguiu confirmar o seu favoritismo e foi derrotado de forma inesperada logo na estreia do ATP 500 realizado em seu país. O experiente tenista caiu diante do belga Xavier Malisse por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (8/6) e 7/5, e decepcionou a torcida local em jogo encerrado na madrugada desta quinta-feira (no horário de Brasília).

Com o resultado, Malisse enfrentará na segunda rodada o alemão Benjamin Becker, que na estreia superou o israelense Dudi Sela por 2 sets a 0, com 6/4 e 6/1. O resultado do tenista belga foi surpreendente, já que ele perdeu os outros nove confrontos que travou com o norte-americano, que defendia a condição de atual campeão em Memphis.

Mas, se Roddick caiu logo na primeira rodada, o checo Radek Stepanek fez valer a sua condição de terceiro cabeça de chave ao derrotar o norte-americano Bobby Reynolds, também por 2 a 0, com 6/3 e 6/2, em seu jogo de estreia em Memphis. Desta forma, ele se classificou para enfrentar outro tenista da casa: Ryan Sweeting.

O canadense Milos Raonic, quarto cabeça de chave, também justificou o favoritismo de quarto mais bem pré-classificado da competição ao estrear com vitória sobre o letão Ernests Gulbis, eliminado com parciais de 6/2 e 7/6 (7/3).

Já o francês Julien Benneteau, sexto cabeça de chave, caiu já na estreia diante do alemão Phillip Petzschner, que avançou à segunda rodada ao vencer por duplo 7/6, com 7/5 e 8/6 no tie-break. Assim, ele se credenciou para agora encarar o polonês Lukasz Kubot.

FEMININO

Se no torneio masculino de Memphis Roddick deu adeus de forma precoce, a rodada de quarta-feira à noite da competição feminina deixou apenas uma cabeça de chave ainda viva na luta pelo título. O dia contou com a eliminação da casaque Ksenia Pervak, pré-classificada como segunda maior favorita, que caiu diante da italiana Alberta Brianti com parciais de 7/6 (7/3) e 6/2.

A checa Lucie Hradecka, terceira cabeça de chave, também foi eliminada ao perder para a ucraniana Lesia Tsurenko por 2 sets a 1, com 3/6, 6/4 e 7/6 (7/3). A francesa Pauline Parmentier, quinta colocada na lista de maiores candidatas ao título, ampliou os fracassos das favoritas ao ser superada pela sueca Sofia Arvidsson, também por 2 a 1, com 7/6 (7/5), 0/6 e 6/3.

Com as derrotas, a única cabeça de chave que ainda segue na luta pela taça é a neozelandesa Marina Erakovic, quarta maior favorita e atual 54.ª colocada do ranking. Na última quarta, ela avançou à terceira rodada ao bater a russa Evgeniya Rodina por 2 sets a 0, com 6/3 e 6/4, se credenciando para pegar a holandesa Michaella Krajicek.

MONTERREY

Outro torneio feminino em andamento nesta semana, o WTA de Monterrey já não conta mais com a sua cabeça de chave número 1. A italiana Roberta Vinci foi eliminada da competição ao cair por duplo 7/5 diante da russa Nina Bratchikova, na última quarta-feira à noite.

Já a italiana Sara Errani, segunda cabeça de chave, foi às quartas de final ao bater a francesa Alize Cornet por 6/2 e 6/3. A espanhola Lourdes Dominguez Lino, oitava pré-classificada, também foi para esta fase do torneio ao superar a russa Valeria Savinykh por 6/4 e 6/2. Com isso, ela medirá forças com a romena Alexandra Cadantu, que na última quarta passou pela espanhola Silvia Soler-Espinosa com parciais de 7/6 (8/6) e 6/3.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.