Roddick desiste, e Blake decidirá Queens com Murray

O norte-americano James Blake precisou jogar apenas por 31 minutos neste sábado para avançar pela segunda vez à final do Torneio de Queens. Ele empatava por 4 a 4 com o compatriota Andy Roddick quando o rival desistiu da partida, ainda no primeiro set.

AE, Agencia Estado

13 de junho de 2009 | 12h06

O adversário na final será o escocês Andy Murray, que passou por Juan Carlos Ferrero com 2 a 0 (6/2 e 6/4). Na outra decisão em que esteve presente, há três anos, Blake perdeu para o australiano Lleyton Hewitt em dois sets, com duplo 6/4.

Para os dois tenistas, a decisão de domingo vale muito mais do que os 250 pontos no ranking e a premiação de 84.300 euros (cerca de R$ 250 mil). Murray tem a chance de fazer história, já que seria o primeiro britânico campeão do torneio na era profissional.

Blake, por sua vez, persegue o primeiro título fora das quadras duras. Ele já fez duas finais na grama, mas perdeu ambas - além da derrota para Hewitt, em 2006, caiu diante de Taylor Dent, em Newport, há sete anos.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisQueensAndy RoddickJames Blake

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.