Roddick elimina Saretta com facilidade

Meio intimidado diante da força do saque de seu adversário, de uma numerosa torcida em plena quadra central de Flushing Meadows, Flávio Saretta não mostrou força em seu jogo para impor qualquer resistência a Andy Roddick. Resultado: perdeu em três rápidos sets com parciais de 6/1, 6/3 e 6/3. Apesar da derrota, Saretta disse estar no momento certo de ganhar o primeiro grande título de sua carreira e espera que isso aconteça no Brasil Open, na próxima semana na Costa do Sauípe. "Não joguei bem", admitiu Saretta. "Entrei sentindo um pouco tudo o que estava acontecendo, mas valeu a experiência".Esta maior vivência nos grandes torneios poderá ajudá-lo em futuros confrontos contra os maiores nomes do tênis, pois neste domingo deixou a impressão de que em nenhum momento acreditava que poderia vencer um adversário da qualidade de Roddick. Só mesmo quando se soltou, já quase no final do jogo, e esteve bem mais descontraído, chegou a duelar no mesmo nível do adversário, salvou dois match points e se esta reação tivesse acontecido antes, poderia complicar a jogo para o norte-americano.Roddick também mostrou todas suas virtudes e chegou aplicar um saque a 140 milhas por hora. Com a terceira rodada no US Open e outros bons resultados na temporada, Saretta acredita que está num nível capaz de chegar ainda mais longe nas próximas competições. "Evoluí muito na parte técnica e também mentalmente", disse o tenista. "Sinto que estou no nível para ganhar o meu primeiro título e seria um sonho se ganhasse no Brasil Open."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.