Stefan Wermuth/Reuters
Stefan Wermuth/Reuters

Roger Federer bate Andy Murray e assume liderança no ATP Finals

Número 2 do mundo com tranquilidade fecha o confronto válido pelo Grupo B por 2 sets a 0

AE, Agência Estado

23 de novembro de 2010 | 14h23

LONDRES - O suíço Roger Federer venceu o britânico Andy Murray por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2, nesta terça-feira, e assumiu a liderança isolada do Grupo B do ATP Finals, torneio que reúne os oito melhores tenistas da temporada em Londres.

Após superar o espanhol David Ferrer em sua estreia, o cabeça de chave número 2 da competição precisou de apenas uma hora e 16 minutos para bater Murray, que havia estreado com um triunfo sobre o sueco Robin Soderling. No fechamento da segunda rodada da chave, Ferrer e Soderling se enfrentarão também nesta terça.

Com o triunfo desta terça, Federer também reduziu a vantagem que o britânico leva sobre o suíço no retrospecto dos confrontos entre os dois. Agora, são seis vitórias contra oito do adversário em 14 duelos. Neste ano, por exemplo, o tenista da Suíça já havia sido batido por Murray nos Masters 1.000 de Xangai e de Toronto, depois de ter vencido o rival na final do Aberto da Austrália, no início da temporada.

No duelo desta terça, Federer fez valer a maior eficiência do seu saque. Embora tenha contabilizado apenas quatro aces, mesmo número obtido por Murray, o segundo colocado do ranking mundial ganhou 88% dos pontos que disputou quando usou o seu primeiro serviço. Além disso, o suíço aproveitou três das oito chances que teve de quebrar o saque do rival e não cedeu nenhuma oportunidade de quebra ao adversário.

Apesar de ter obtido duas vitórias em dois jogos, Federer ainda não assegurou a sua classificação para as semifinais. Os dois mais bem colocados de cada chave passarão à próxima fase. Após o segundo duelo do Grupo B, a segunda rodada da competição será fechada nesta quarta-feira com os confrontos Tomas Berdych x Andy Roddick e Rafael Nadal x Novak Djokovic.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.