Al Behrman/AP
Al Behrman/AP

Roger Federer derrota Djokovic na final em Cincinnati

Tenista suíço ganha seu 16.º título de Masters e fica perto de igualar a marca de Andre Agassi

EFE,

23 de agosto de 2009 | 15h47

O tenista suíço Roger Federer derrotou o sérvio Novak Djokovic neste domingo e faturou o título do Masters de Cincinnati, nos Estados Unidos. Ele ganhou por 2 sets a 0, com 6/1 e 7/5.

 

O atual número um do mundo chegou à 16.ª conquista na série Masters e está a apenas uma do norte-americano Andre Agassi, recordista de títulos nestes torneios.

 

Federer venceu o sérvio, quarto do Ranking da ATP, em uma hora e meia, e ainda teve público especial nas arquibancadas: a esposa, Mirka Vavrinek, e as recém-nascidas gêmeas Charlene Riva e Myla Rose.

 

O suíço começou arrasador e abriu 5 a 0 logo no primeiro set. Ele chegou a ter match point no segundo com 5 a 4, mas acabou ganhando por 7 a 5.

 

"Joguei meu melhor tênis aqui e contra Andy Murray [semifinal de sábado]. Não há dúvida de que isto me dá uma boa perspectiva para o US Open", disse Federer em referência ao quarto e último Grand Slam da temporada. Ele tenta o hexa em Nova York.

 

O suíço conquistou este ano os torneios de Roland Garros, Wimbledon e o Masters de Madri. Além disso, perdeu a final do Aberto da Austrália para o espanhol Rafael Nadal.

 

Federer é o quarto jogador na Era Open a vencer três vezes em Cincinnati. O sueco Mats Wilander tem quatro conquistas, enquanto Agassi e o também americano Pete Sampras.

Tudo o que sabemos sobre:
Roger FedererATPNovak Djokovic

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.