Mark J. Terril/AP
Mark J. Terril/AP

Roger Federer e Andy Murray sofrem, mas avançam em Indian Wells

Suíço teve menos trabalho, mas não chegou a empolgar a torcida norte-americana

AE, Agência Estado

10 de março de 2014 | 19h02

INDIAN WELLS - Roger Federer e Andy Murray sofreram mais do que esperavam para vencer seus jogos, nesta segunda-feira, pela terceira rodada do Masters 1000 de Indian Wells. O suíço teve menos trabalho, mas não chegou a empolgar a torcida norte-americana, enquanto o tenista britânico abusou dos erros e quase se despediu da competição.

Depois de uma estreia tranquila, Federer precisou de dois tie-breaks para vencer o russo Dmitry Tursunov pelo placar de 7/6 (9/7) e 7/6 (7/2), em 1h45min de partida. Nas oitavas de final, seu adversário virá do duelo entre o alemão Tommy Haas e o japonês Kei Nishikori, que se enfrentam ainda nesta segunda.

Em seu segundo jogo no torneio, o suíço parecia manter o ritmo que lhe deu o título em Dubai, na semana passada, e garantiu boa vitória contra o francês Paul-Henri Mathieu na estreia em Indian Wells. Federer quebrou o serviço de Tursunov logo no primeiro game da partida e esteve perto de ampliar a vantagem em seguida.

No entanto, vacilou quando sacava para fechar o set e viu o russo devolver a quebra. No tie-break, chegou a desperdiçar três set points antes de levar a melhor. A segunda parcial teve roteiro invertido. O tenista da Rússia saiu na frente desta vez, com uma quebra de saque, mas não sustentou a vantagem. O suíço logo igualou o placar e levou o duelo novamente ao tie-break, no qual garantiu o triunfo.

Enquanto Federer suava contra Tursunov, Murray sofria contra o desconhecido checo Jiri Vesely, atual 77º do ranking. O escocês saiu atrás no placar em todos os três sets da partida e só obteve a virada no segundo e terceiro sets, após perder a primeira parcial, graças aos erros do rival - foram dois smashes desperdiçados em sequência.

Com este "empurrão", Murray cresceu nos pontos finais para fechar o jogo por 6/7 (2/7), 6/4 e 6/4, em 2h48min de batalha. Nas oitavas de final, o escocês vai encarar o vencedor do jogo entre o canadense Milos Raonic e o colombiano Alejandro Falla. Eles se enfrentam ainda nesta segunda.

DUPLAS

De virada, o brasileiro Marcelo Melo e o croata Ivan Dodig venceram os britânicos Colin Fleming e Ross Hutchins, pelo placar de 3/6, 6/4 e 10/6, e avançaram às quartas de final. Agora, eles terão pela frente o vencedor do confronto entre os norte-americanos John Isner e Sam Querrey e a dupla formada pelo polonês Lukasz Kubot e pelo sueco Robert Lindstedt.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.