Roger Federer humilha Roddick e chega à final na Austrália

Número um do ranking mundial, o tenista suíço Roger Federer arrasou nesta quinta-feira o norte-americano Andy Roddick, sétimo da ATP, por 3 sets a 0, com direito a pneu no segundo set, e se classificou para a final do Aberto da Austrália. As parciais da partida, que durou apenas 1h25, foram de 6/4, 6/0 e 6/2. Durante o jogo, Federer chegou a ganhar 11 games seguidos. "Estou feliz por vencer", contou o suíço. "Andy não pôde colocar as suas oportunidades em prática, pois eu estava muito concentrado." Roddick é grande "freguês" de Federer. Agora, o suíço soma 13 vitórias em 14 confrontos. Esses números são apenas de jogos oficiais e não conta o resultado de um torneio amistoso disputado no começo deste ano, na China, quando Roddick derrotou Federer. O adversário do suíço, que chegou à sua sétima decisão de Grand Slam consecutiva, sairá do duelo entre o chileno Fernando González e o alemão Tommy Haas, que acontecerá na sexta. Ambos são as grandes surpresas da competição, que distribui US$ 15 milhões em prêmios aos participantes. Se for campeão, Federer conquistará o terceiro título na Austrália. Além disso, ele vencerá pela 10.ª vez um Grand Slam.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.