Georgios Kefalas/EFE
Georgios Kefalas/EFE

Roger Federer supera Karlovic e disputa a 10.ª final na Basileia

Atual segundo colocado do ranking mundial, atrás apenas do sérvio Novak Djokovic, suíço tenta o quinto título na temporada

Estadão Conteúdo

25 de outubro de 2014 | 15h53

Roger Federer está mais uma vez na final do Torneio da Basileia. Na sua cidade natal, o tenista suíço venceu, neste sábado, o croata Ivo Karlovic, por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (10/8), 3/6 e 6/3, em uma partida de uma hora e 42 minutos, e vai fazer contra o belga David Goffin a sua 12.ª decisão em casa.

Na sua sala de troféus, o ex-número 1 do mundo tem cinco títulos da Basileia: 2006, 2007, 2008, 2010 e 2011. Com um histórico de 55 vitórias e nove derrotas jogando em casa, ele perdeu cinco finais: 2000, 2001, 2009, 2012 e 2013. Assim, neste domingo, vai jogar para desempatar as estatísticas.

Atual segundo colocado do ranking mundial, apenas atrás do sérvio Novak Djokovic, Federer vai atrás do quinto título na temporada - venceu os Masters 1000 de Xangai em Cincinati, além dos torneios de Halle e Dubai.

Na semifinal deste sábado, Federer sofreu com o saque forte de Karlovic, que fez 33 aces, contra sete do suíço. Foram quatro chances de quebra de Federer, só uma aproveitada: para vencer o terceiro set e a partida. Karlovic, por sua vez, teve dois break points e ganhou um deles, no segundo set.

O confronto entre Federer e Goffin só aconteceu uma vez na história. Foi em Roland Garros, em 2012, com vitória do suíço por 3 sets a 1. O belga vem de dois títulos: Torneio de Metz (França) e Challenger de Mons (Bélgica). Contando também Copa Davis, não perde há 16 partidas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.