Lynne Sladky/AP
Lynne Sladky/AP

Roger Federer supera Karlovic em estreia no Masters de Miami

Exibindo grande aproveitamento, suíço perdeu apenas três pontos em seu saque durante toda a partida

AE, Agência Estado

21 de março de 2014 | 16h57

MIAMI - Com 2,10 metros de altura, o croata Ivo Karlovic é considerado um dos melhores sacadores do circuito da ATP. Mas, nesta sexta-feira, quem brilhou no fundamento foi o suíço Roger Federer, em sua estreia no Masters 1000 de Miami. Exibindo grande aproveitamento no serviço, o favorito venceu o "gigante" por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/4).

Federer perdeu apenas três pontos em seu saque durante toda a partida, que durou 1h14min. Quando jogou com o primeiro serviço, venceu 94% dos pontos. Rendimento superior ao do croata, que faturou 81% dos pontos em seu primeiro saque, apesar dos 13 aces - Federer cravou seis.

Com esta performance, o suíço não teve o saque ameaçado em nenhum momento da partida. E, mesmo diante do potente serviço do rival, obteve uma quebra, no set inicial. Na segunda parcial, quando chegou a vencer um ponto com direito a um lobby no adversário, Federer precisou do tie-break para fechar o confronto.

Na terceira rodada, o suíço, atual número cinco do mundo, vai enfrentar o vencedor do duelo entre o espanhol Fernando Verdasco e o holandês Thiemo de Bakker. Se confirmar o favoritismo e continuar avançando, Federer poderá cruzar com o também espanhol David Ferrer nas quartas de final.

Ferrer voltou a jogar nesta sexta, após se recuperar de lesão, e venceu o russo Teymuraz Gabashvili por 6/4 e 6/0. O espanhol, que não entrava em quadra há um mês, vai encarar na sequência o vitorioso do jogo entre o checo Radek Stepanek e o italiano Andreas Seppi.

Ainda nesta sexta, avançaram o francês Richard Gasquet, o espanhol Tommy Robredo, o alemão Florian Mayer e o sul-africano Kevin Anderson.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisMasters de MiamiFedererFerrer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.