Gaspar Nóbrega/DGW Comunicação
Gaspar Nóbrega/DGW Comunicação

Rogerinho luta, cai em três sets e Brasil Open fica sem brasileiro

Tenista brasileiro perde para o argentino Horacio Zeballos por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (3/7), 6/2 e 6/4

Felipe Rosa Mendes, Estadão Conteúdo

02 Março 2018 | 20h10

O Brasil Open ficou sem representantes da casa na chave de simples nesta sexta-feira. Rogério Dutra Silva, último tenista ainda vivo na disputa, foi eliminado nas quartas de final pelo argentino Horacio Zeballos num duelo equilibrado de três sets, com parciais de 6/7 (3/7), 6/2 e 6/4, em 2h21min.

+ Pablo Cuevas vence a 15ª seguida no Brasil Open e encara Fognini

Rogerinho, atual 106º do mundo, começou melhor que o rival da Argentina, mas caiu de ritmo ao longo dos dois sets finais do duelo. Na terceira parcial, o brasileiro ainda lutou bastante, mas não resistiu ao maior volume de jogo do 69º do ranking, dono de um título de nível ATP na carreira.

Mais acostumado a jogar no saibro do Ginásio do Ibirapuera, Rogerinho quebrou o saque do adversário logo no terceiro game, abrindo 2/. Zeballos, contudo, devolveu a quebra logo em seguida. E o duelo seguiu mais equilibrado até o tie-break, com vantagem para o tenista da casa.

No segundo set, porém, Rogerinho caiu de rendimento. Demonstrando cansaço, ele sofreu duas quebras e viu Zeballos encaminhar a parcial com certa tranquilidade. Na última parcial, o brasileiro retomou em parte o nível do primeiro set e retomou o duelo parelho. Zeballos, cometendo menos erros, acabou faturando uma quebra no sétimo game.

Em seguida, Rogerinho teve chances para devolver, mas desperdiçou seguidos break points. O argentino, sem hesitar, aproveitou e confirmou a vitória quando sacou para fechar o jogo, assegurando seu lugar nas semifinais. Seu próximo adversário vai sair do duelo entre o espanhol Albert Ramos-Viñolas, primeiro cabeça de chave, e o chileno Nicolas Jarry. Eles se enfrentam ainda nesta sexta.

A outra semifinal já está definida. Terá o italiano Fabio Fognini e o uruguaio Pablo Cuevas, que entraram em campo mais cedo, nesta sexta.

Eliminado na chave de simples, Rogerinho ainda jogará mais uma vez nesta noite. Ele e o checo Roman Jebavy vão duelar com os argentinos Federico Delbonis e Maximo Gonzalez, por uma vaga na final da chave de duplas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.