François Lenoir/Reuters-28/05/2012
François Lenoir/Reuters-28/05/2012

Rogerinho promete garra em primeiro duelo da Davis

Brasileiro enfrenta o russo Igor Andreev, na tarde desta sexta-feira, pela repescagem do torneio

Nathalia Garcia, estadão.com.br

14 de setembro de 2012 | 09h33

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO - Depois de conhecer seu adversário e trabalhar alguns detalhes no último treino, Rogério Dutra Silva se sente preparado para enfrentar o russo Igor Andreev nesta sexta-feira, às 15 horas, pela repescagem do Grupo Mundial da Copa Davis. O brasileiro espera impor o seu jogo em São José do Rio Preto e garante que deixará "toda a gota de suor possível" para faturar o primeiro ponto para o País.

O paulista sabe que tem uma difícil missão nas quadras de saibro, mas está empenhado em ajudar o grupo a ganhar confiança. "Se eu conseguir fazer uma boa partida e sair com a vitória, já dará uma tranquilidade a mais para o Thomaz (Bellucci)", afirmou.

Tanta dedicação deve-se ao orgulho de atuar pelo País e à realização de um "sonho". Rogerinho volta à equipe após ter ficado fora do confronto com a Colômbia, válido pela segunda rodada do Zonal Americano da Copa Davis, em abril, e quer recompensar sua ausência mostrando que trabalhou bastante para ocupar esse posto.

"Agora está tudo pronto. Amanhã (sexta) é a hora de lutar pelo ponto. Eu acho que representar o Brasil é uma coisa fantástica, é o lugar que todo tenista quer estar. Estou muito feliz de estar de volta", afirmou.

O Brasil terá o calor de São José do Rio Preto e o apoio da torcida para tentar voltar à elite do tênis mundial, que não conta com a participação do País desde 2003, quando a equipe ainda era liderada por Gustavo Kuerten. A segunda partida da sexta-feira será entre Thomaz Bellucci, número 1 do Brasil, e Teymuraz Gabashvili, 163.º colocado no ranking da ATP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.