Roland Garros divide atenção com Copa

Segundo Grand Slam do ano, o torneio de Roland Garros de 2002 começa nesta segunda-feira mas não terá tanta pompa quanto suas edições anteriores. Ofuscado pela disputa da Copa do Mundo na Coréia do Sul e no Japão, a competição no entanto vai dividir as atenções dos torcedores brasileiros, que crêem na volta da boa fase de Gustavo Kuerten para a conquista do tetracampeonato.Nesta edição, a competição será marcada pela presença maciça de jogadores latino-americanos. Brasileiros, argentinos, chilenos, equatorianos estão entre os tenistas. Gustavo Kuerten em busca do quarto título do torneio francês enfrenta na estréia o suíço Ivo Heuberger. Já André Sá terá pela frente uma pedreira: o australiano Lleyton Hewitt, número 1 do mundo. Fernando Meligeni faz sua primeira partida diante do francês Nicolas Escude enquanto Flávio Saretta aguarda adversário do qualifying.Os argentinos também estarão bem representados em Roland Garros com Gastón Gaudio, ganhador dos torneios de Barcelona e Mallorca, Guillermo Cañas, Franco Squillari, Mariano Zabaleta, Guillermo Coria, Juan Ignacio Chela, David Nalbandián e Agustín Calleri.O Chile não terá seu principal jogador. Marcelo Ríos, contundido, será a grande ausência da disputa. Fernando González representará o país. O Equador tem em Nicolás Lapentti sua maior esperança de vitória enquanto Ramón Delgado é o destaque do Paraguai.Feminino - As principais atrações entre as mulheres no torneio de Roland Garros são as favoritas de sempre ao título. As norte-americanas Jennifer Capriati, Venus e Serena Williams, Monica Seles e a russa Anna Kournikova. A suíça Martina Hingis não vai disputar o torneio. Ela se recupera de uma cirurgia no tornozelo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.