Roland Garros eleva premiação em 3,3 milhões de euros

Mudança irá beneficiar desde os tenistas eliminados nas primeiras rodadas até os campeões

AE-AP, Agência Estado

15 de abril de 2013 | 09h52

PARIS - Os organizadores de Roland Garros, Grand Slam que será disputado entre 21 de maio e 9 de junho, anunciaram nesta segunda-feira um aumento significativo nas premiações do principal torneio do mundo disputado em quadras de saibro.

Ao total, a competição realizada em Paris terá um aumento de 3,3 milhões de euros em prêmios em relação ao ano passado, distribuindo um total de 22 milhões de euros (cerca de US$ 28,7 milhões), contra os 18,7 milhões de euros (aproximadamente US$ 24,6 milhões) pagos em 2012. E essa mudança irá beneficiar desde os tenistas eliminados nas primeiras rodadas até, é claro, os campeões.

Neste ano, os campeões, no masculino e no feminino - a premiação é igual para homens e mulheres - receberão 1,5 milhão de euros cada um (aproximadamente US$ 1,96 milhão), enquanto no ano passado Rafael Nadal e Maria Sharapova levantaram a taça embolsando 1,25 milhão de euros (algo em torno de US$ 1,64 milhão hoje).

Já os jogadores eliminados na segunda, terceira e quarta rodadas desta edição da competição que fecha a temporada de saibro irão ganhar 25% a mais do que ganharam ao caírem nas mesmas fases de Roland Garros em 2012.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisRoland Garrospremiação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.