Valery Hache/AFP
Valery Hache/AFP

Rublev surpreende e derruba Rafael Nadal no saibro de Montecarlo

Russo derrota o espanhol por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 4/6 e 6/2, no torneio em que ele foi campeão 11 vezes

Redação, O Estado de S.Paulo

16 de abril de 2021 | 16h20

Depois de Novak Djokovic, foi a vez de Rafael Nadal decepcionar os fãs no saibro de Montecarlo. Nesta sexta-feira, o espanhol foi dominado pelo russo Andrey Rublev e se despediu de forma precoce do Masters 1000 disputado em Mônaco, onde já foi campeão por 11 vezes, pelo placar de 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 4/6 e 6/2.

Ao fim de uma batalha de 2h30min, Rublev superou o Rei do Saibro pela primeira vez no circuito, após duas derrotas sem vencer um set sequer. Terceiro melhor tenista da temporada até agora, o russo soube aproveitar as oscilações do favorito, que registrou sete duplas faltas e sofreu o mesmo número de quebras de saque na partida. 

Rublev perdeu o saque por quatro vezes e foi irregular no segundo set, após brilhar no primeiro. Mas conseguiu reproduzir no terceiro a boa performance do início da partida. Nadal, em sua terceira partida desde o Aberto da Austrália, não conseguiu repetir o desempenho do jogo anterior, quando arrasou o búlgaro Grigor Dimitrov.

Atual número oito do mundo, o tenista da Rússia vai enfrentar na semifinal o norueguês Casper Ruud, outro que surpreendeu nesta sexta. Ele despachou o italiano Fabio Fognini, atual campeão do Masters de Montecarlo, por 6/4 e 6/3.

A outra semifinal terá o grego Stefanos Tsitsipas e o britânico Daniel Evans, algoz de Djokovic nas oitavas de final. Nesta sexta, Evans eliminou o belga David Goffin por 5/7, 6/3 e 6/4. Tsitsipas, quinto colocado do ranking, contou com o abandono do jovem espanhol Alejandro Davidovich Fokina após vencer o primeiro set por 7/5.

Com estes resultados, já é certo que haverá um novo campeão de torneios de nível Masters 1000. Afinal, nenhum dos quatro semifinalistas já levantou um troféu nestas competições.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.