Mark Blinch/Reuters
Mark Blinch/Reuters

Russa Dinara Safina perde de virada na estreia em Toronto

Número 1 do mundo não se encontrou a partir do segundo set e foi eliminada pela francesa Aravane Rezai

AE, Agencia Estado

19 de agosto de 2009 | 14h49

A tenista russa Dinara Safina, atual número 1 do ranking da WTA, foi eliminada nesta quarta-feira do Torneio de Toronto pela francesa Aravane Rezai. Cabeça-de-chave número 1 do torneio, Safina chegou a sair na frente da rival, mas acabou sofrendo três quebras de saque no segundo set e mais quatro na terceira parcial, perdendo o jogo por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/2 e 6/4, em 2 horas e 7 minutos.

Com a vitória diante de Safina, atual campeã do torneio, Rezai espera agora a vencedora do confronto entre a russa Alisa Kleybanova e a eslovaca Dominika Cibulkova para conhecer sua adversária nas oitavas de final.

Ainda pelo Torneio de Toronto, a polonesa Agnieska Radwanska arrasou a húngara Agnes Szavay. Ela precisou de apenas 1 hora e 11 minutos para fazer 2 sets a 0, com um duplo 6/1. Nas oitavas de final, Radwanska jogará contra a ucraniana Kateryna Bondarenko, que eliminou Venus Williams na segunda rodada do torneio.

A irmã de Kateryna, a ucraniana Alona Bondarenko venceu nesta quarta-feira a russa Alla Kudryavtseva por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/0. Nas próxima fase, Alona Bondarenko espera a vencedora do confronto entre a sérvia Ana Ivanovic e a checa Lucie Safarova.

Cabeça-de-chave número 7 em Toronto, a russa Vera Zvonareva se classificou nesta terça-feira para as oitavas de final, ao derrotar a italiana Roberta Vinci por 2 sets a 0, com um duplo 6/3, em 1 hora e 9 minutos. Agora, Zvonareva jogará contra a vencedora do duelo entre a russa Maria Sharapova e a austríaca Sybille Bammer.

A israelense Shahar Peer derrotou a italiana Francesca Schiavone por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/2) e 6/4. Nas oitavas de final, Peer jogará contra a vencedora do confronto entre a russa Elena Dementieva e a japonesa Ai Sugiyama.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.