Grigory Dukor/Reuters
Grigory Dukor/Reuters

Rússia abre vantagem sobre a Itália nas semifinais da Fed Cup

Zvonareva derrota Errani por 2 sets a 0, enquanto Kuznetsova vence Vinci por 2 a 1, em Moscou

AE, Agência Estado

16 de abril de 2011 | 14h32

Diante de uma adversária bem desfalcada, a Rússia abriu 2 a 0 no confronto com a Itália, neste sábado, em Moscou, e ficou bem perto da vaga na final da Fed Cup. Na outra semifinal do torneio entre países do tênis feminino, Bélgica e República Checa ficaram no 1 a 1 no primeiro dia de disputa.

Atual bicampeã da Fed Cup, a Itália está disputando as semifinais sem as suas duas principais tenistas, Francesca Schiavone e Flavia Pennetta. Assim, foi presa fácil para a Rússia, que precisa apenas de uma vitória nos três jogos deste domingo para fechar o confronto.

Nos jogos disputados neste sábado, a russa Vera Zvonareva derrotou a italiana Sara Errani por 2 sets a 0, com parciais de 6/0 e 6/2, enquanto Svetlana Kuznetsova fez o outro ponto da Rússia, ao ganhar de Roberta Vinci por 2 a 1, com 6/2, 6/7 (4/7) e 6/1.

Na outra semifinal, que acontece na cidade belga de Charleroi, a Bélgica marcou seu ponto com Yanina Wickmayer, que venceu Barbora Zahlavova por duplo 6/4. Mas a República Checa também ganhou um jogo, com Petra Kvitova, que derrotou Kirsten Flipkens por 6/2 e 7/6 (7/4).

Tudo o que sabemos sobre:
tênisFed Cup

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.