Sá é eliminado em Wimbledon

André Sá perdeu nesta quinta-feira nas quartas-de-final em Wimbledon para Tim Henman. Mas fez o inglês lutar até o limite de suas forças antes de marcar 6/3, 5/7, 6/4 e 6/3. Agora Henman enfrentará o australiano Lleyton Hewitt, número 1 do mundo nas semifinais. O australiano Pat Cash, campeão em 1987, disse que se Henman for campeão de vestirá de mulher na frente das cãmeras da BBC. A outra semifinal será entre o belga Xavier Malisse e o argentino David Nalbandian. A partida de Henman e Sá havia sido adiada na quarta-feira. Depois de uma longa interrupção por causa da chuva, o jogo havia reiniciado no final da tarde de quarta-feira. O inglês, quinto do ranking mundial, marcou 6/3 e em seguida a partida foi suspensa por falta de luz natural. O jogo foi remarcado para ser o primeiro, nesta quinta de manhã, na Quadra Central. ?Firmei meus pés, me impus com a ajuda da torcida e consegui dar a volta?, disse Henman depois. ?O terceiro set foi crucial para mim. Depois de jogar solidamente no quarto. Tive de lutar muito, mas está sendo assim desde o início do torneio.? O brasileiro, ao alcançar as quartas-de-final, fez sua melhor campanha na competição ? igualando-se a Gustavo Kuerten e Tomas Koch no piso de grama. E deve subir pelo menos 20 postos no ranking mundial, no qual arualmente está em 90º lugar. Os argentinos também estão comemorando. David Nalbandian derrotou o equatoriano Nicolas Lapentti nas quartas-de-final por 6/4, 6/4, 4/6, 4/6 e 6/4. Anteriormente, o melhor resultado mais celebrado de um argentino na grama de Wimbledon foi de Guillermo Vilas, que chegou às quartas-de-final em 1975 e 1976. Nalbandian é o segundo sul-americano a chegar tão longe na competição. O outro foi o peruano Alex Olmedo, em 1959. Mas Olmedo em algumas biografias aparece como norte-americano por residir nos Estados Unidos e até ter participado de uma Copa Davis pelo país. A brasileira Maria Esther Bueno foi campeã em 1959, 1960 e 1964. Hewitt chegou à semifinal eliminando o holandês Sjeng Schalken por 6/2, 6/2, 6/7 (5-7), 1/6 e 7/5. O belga Malisse eliminou o holandês Richard Krajicek por 6/1, 4/6, 6/2, 3/6 e 9/7.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.