Sá e Soares são eliminados em Wimbledon; Melo segue

A dupla formada por André Sá e Bruno Soares saiu perdendo, buscou a igualdade, mas acabou sendo eliminada em cinco sets pelos argentinos Eduardo Schwank e Juan Ignacio Chela. Depois de pouco mais de três horas e meia, os brasileiros perderam por 6/4, 6/4, 6/7 (5/7), 4/6 e 6/3, na segunda rodada do Torneio de Wimbledon.

AE, Agência Estado

30 de junho de 2012 | 17h32

A partida foi muito disputada, e decidida nos detalhes. Sá e Soares erraram mais do que os argentinos no saque - fizeram nove duplas faltas contra duas de Chela e Schwank - e durante as disputas dos pontos - 12 a seis em erros não forçados. Com o resultado, a dupla da Argentina avança à terceira rodada, na qual enfrentará Daniele Bracciali, da Itália, e Julian Knowle, da Áustria.

Outro brasileiro que ainda estava na disputa do torneio de duplas, Marcelo Melo conseguiu avançar à terceira rodada. Ao lado do croata Ivan Dodig, ele venceu os alemães Martin Emmrich e Michael Kohlmann por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 7/6 (7/4) e 6/3, em uma hora e 53 minutos.

Na próxima fase, Melo e Dodig enfrentarão Radek Stepanek, da República Checa, e Leander Paes, da Índia, que passaram na segunda rodada pelos israelenses Jonathan Erlich e Andy Ram, por 3 sets a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.