Sá perde na estréia em Key Biscayne

Ainda não foi desta vez que o tenista mineiro André Sá conseguiu afugentar a má fase. Sem ganhar um jogo em um torneio de nível do ATP Tour, desde outubro do ano passado, o tenista número dois do Brasil voltou a desperdiçar uma boa chance na sua partida de estréia no Masters Series de Key Biscayne, em Miami. Depois de vencer o primeiro set diante do sueco Jonas Bjorkman e ter chances nos seguintes, Sá perdeu o controle da partida, nesta quinta-feira, e o jogo por 2 sets a 1, parciais de 3/6, 6/4 e 6/4. O jogo, disputado na quadra 3 de Crandon Park, teve uma torcida e tanto. Debaixo de sol forte e temperatura superior a 20 graus, não havia um lugar sequer nas arquibancadas e com muita gente entusiasmando o brasileiro. Mas Sá não conseguiu manter o controle da partida e, embora tenha feito jogadas sensacionais, mostrando que sabe como poucos jogar em quadras rápidas, foi o sueco quem soube aproveitar melhor as oportunidades. Na única chance de quebra de serviço que teve no terceiro set, Bjorkman aproveitou para sacar com 5 a 4 e fechar a partida a seu favor. A última vitória de Sá num torneio da série ATP aconteceu em outubro do ano passado em Lyon, quando superou o dinamarquês Keneth Carlssen. Depois no mesmo torneio perdeu para Sebastien Grosjean iniciando uma série de resultados negativos. Caiu nas primeiras rodadas de Madri, para Fernando Gonzalez; de Estocolmo para Guillermo Cañas; de Auckland, para Keneth Carlssen; no Aberto da Austrália, para Adrian Voinea; em Milão, para Xavier Malisse; em Helsinborg, na Davis, para Jonas Bjorkman; em Buenos Aires, para Franco Squillari; em Acapulco, para Ivan Miranda; e em Delray Beach para o coreano Hyung Taik-Lee, antes de amargar mais uma derrota em Miami.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.