Maddie Meyer/AFP
Maddie Meyer/AFP

Sabalenka supera Görges e faz final com Suárez Navarro nos EUA

Tenista da Bielo-Rússia e da Espanha decidem o título do Torneio de Connecticut

Estadão Conteúdo

24 Agosto 2018 | 22h14

Duas tenistas que não figuravam entre as favoritas vão disputar a final do Torneio de Connecticut, nos Estados Unidos, último evento da WTA preparatório para o US Open. Nesta sexta-feira, Carla Suárez Navarro e Aryna Sabalenka, que surpreendeu a alemã Julia Görges, se classificaram para a decisão.

Sabalenka, da Bielo-Rússia, venceu Görges, a quinta pré-classificada por 2 a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/3). Como um jogo agressivo, ela venceu o primeiro set ao conseguir quebra de serviço no décimo game sem sofrer sequer um ponto.

A alemã começou o segundo set com uma quebra de serviço e ganhou os primeiros nove pontos no seu serviço para abrir 4/2. Mas Sabalenka respondeu ao romper o serviço da rival, fazendo 4/4. Elas ainda trocaram quebras de saque antes do tie-break, quando Görges abriu 3/0, mas perdeu.

A espanhola Suárez Navarro avançou após Monica Puig, de Porto Rico, abandonar o encontro no primeiro set por causa de uma lesão. Depois de trocar quebras de saque com a rival, Puig colocou a mão no abdômen e recebeu atendimento médico por cinco minutos. A campeã olímpica, então, voltou à quadra, perdeu o game seguinte e foi até a rede anunciar a sua desistência, sob lágrimas.

Sabalenka, com retrospecto de 10 a 2 em quadras duras na América do Norte nesta temporada, tentará faturar o primeiro título de um torneio da WTA na sua carreira no sábado contra Suárez Navarro, que jogou menos de quatro sets para avançar à final. Sua rival na segunda rodada, Johanna Konta, desistiu antes do jogo entre elas e Petra Kvitova abandonou o confronto pelas quartas de final após perder o primeiro set por 6/3 por causa de uma lesão no ombro.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.