Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Safin desiste da Copa Davis para tentar melhorar ranking

Ex-número 1 do mundo, Marat Safin anunciou neste domingo que não vai defender a Rússia na semifinal da Copa Davis, contra a Argentina, entre os dias 19 e 21 de setembro. A disputa por uma vaga na decisão será em Buenos Aires. Número 39 do mundo, Safin recusou o convite por considerar que sua participação na Copa Davis iria atrapalhar seu objetivo de subir no ranking de entradas da ATP. O tenista russo vai participar do Aberto da Tailândia na semana seguinte ao duelo com a Argentina."Necessita conseguir pontos antes do final do ano e sente que uma viagem para Buenos Aires até Bangcoc será muito longa e cansativa", afirma o comunicado publicado no site oficial de Marat Safin. Na nota, o tenista revela que conversou com Shamil Tarpishchev, capitão do time russo, que aceitou seu pedido de liberação. Marat Safin será o segundo desfalque dos russos no duelo com a Argentina, já que Mikhail Youzhny ainda se recupera de uma lesão no pescoço, que o deixou fora do US Open. Os outros jogadores convocados para defender a Rússia foram: Nikolay Davydenko, número 6 do mundo, Igor Andreev, Dmitry Tursunov e o estreante Igor Kunitsyn.

AE, Agencia Estado

14 de setembro de 2008 | 15h53

Tudo o que sabemos sobre:
tênisCopa DavisMarat Safin

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.