Safin retoma liderança provisória

Com uma difícil vitória sobre o sueco Thomas Johansson, por 2 sets a 1, parciais equilibradas de 6/7 (7/1), 7/6 (7/4) e 6/3, o tenista russo Marat Safin garantiu a classificação para a final do ATP Tour de Dubai.Neste sábado, decide o título diante do espanhol Juan Carlos Ferrero, que, na outra semifinal, superou o eslovaco Dominik Hrbaty por 5/7, 7/6 (7/4) e 6/3.A classificação para a final do ATP Tour de Dubai garante ao russo Marat Safin a liderança provisória do ranking mundial, com um total de 4.300 pontos, contra 4.250 de Gustavo Kuerten, que está jogando em Acapulco, no México, onde a competição está uma rodada atrasada, pois terá a final apenas no domingo. Guga precisa de boa campanha para recuperar a diferença com Safin e manter-se no topo da lista de entradas a ser divulgada na próxima segunda-feira, pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP).Safin ganhou sete títulos no ano passado e possui uma média bastante alta de pontos nos seus 18 melhores resultados - número de torneios para formação do ranking - . Assim, só passa a marcar pontos em Dubai a partir das semifinais, em que acumula 210, substituindo 175 de outra competição das cinco da série ATP Tour.O ranking de entradas é formado pelos resultados nos quatro Grand Slam, nos nove Masters Series e os cinco melhores torneios da série ATP Tour.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.