Safin vence no Masters de Paris e adia aposentadoria

Poderia ser a última partida da carreira de Marat Safin, mas o russo venceu nesta segunda-feira um jogo dramático contra o francês Thierry Ascione e adiou sua aposentadoria. Na estreia do Masters de Paris, na França, seu último torneio como profissional, Safin salvou três match points no set decisivo e venceu por 2 sets a 1, parciais de 6/4, 4/6 e 7/6 (3), em uma hora e 52 minutos de partida.

AE, Agencia Estado

09 de novembro de 2009 | 19h38

Safin contou com a força do saque para seguir no torneio e anotou 24 aces. Para adiar novamente sua aposentadoria, ele precisa surpreender agora o argentino Juan Martin Del Potro, quinto favorito do torneio - os 16 cabeças de chave já entram na segunda rodada.

Outro francês a cair na primeira rodada foi Paul-Henri Mathieu, que desistiu no segundo set quando perdia para o sérvio Viktor Troicki por 7/6 (4) e 3/0. O vencedor enfrenta o checo Radek Stepanek na próxima rodada. Depois de perder o primeiro set, o espanhol Albert Montanes se recuperou contra o romeno Victor Hanescu e venceu por 3/6, 6/3 e 7/6 (3).

Com tranquilidade, o italiano Andreas Seppi venceu o alemão Philipp Kohlschreiber por duplo 6/3 e encara o espanhol Fernando Verdasco, sétimo favorito, na próxima rodada. E também em sets diretos, o checo Tomas Berdych derrotou o francês Vincent Millot por 6/3 e 7/6 (4) e enfrenta o espanhol Tommy Robredo.

Ainda nesta segunda-feira, o croata Ivo Karlovic passou pelo uruguaio Pablo Cuevas por 2 sets a 0, parciais de 7/6 (3) e 6/4. Seu próximo adversário será o sueco Robin Soderling, nono favorito. Já o polonês Lukasz Kubot superou o alemão Andreas Beck por 6/4, 3/6 e 6/4 e tem pela frente o croata Marin Cilic. E de virada, o norte-americano John Isner venceu o colombiano Alejandro Falla (4/6, 7/6 e 7/5) e encara o chileno Fernando Gonzales.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.