Henry Romero/ Reuters
Henry Romero/ Reuters

Sam Querrey surpreende Nadal e fica com título do ATP 500 de Acapulco

Espanhol sofre sua primeira derrota contra o norte-americano, que garante o triunfo por 2 sets a 0

Estadao Conteudo

05 de março de 2017 | 08h42

O norte-americano Sam Querrey surpreendeu o favorito Rafael Nadal para conquistar, na noite de sábado - já madrugada no Brasil - o título do ATP 500 de Acapulco, no México, o mais importante da carreira. No quinto confronto entre os dois, o espanhol sofreu sua primeira derrota, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/3).

Falou mais alto na partida o saque forte do americano de 29 anos e 1,98m. Querrey conseguiu 19 aces na partida, contra apenas um de Nadal. O saque ainda garantiu a ele 81% de aproveitamento no primeiro serviço e 63% no segundo.

Leia Também

Tudo sobre tênis

Jogando na quadra rápida, sua favorita, Querrey teve uma semana inesquecível em Acapulco, vencendo o quarto, o quinto e o sexto cabeças de chave - Dominic Thiem, David Goffin e Nick Kyrgios, respectivamente -, além do próprio Nadal, que era o segundo favorito.

O título foi o nono da carreira dele, o segundo de um ATP 500 - o outro foi no Queen's, na Grã-Bretanha, em 2010. Sua última conquista fora em Delray Beach, nos Estados Unidos, no ano passado.

Os 500 pontos conquistados em Acapulco permitirão a ele um enorme salto no ranking mundial da ATP, do 40.º para o 26.º lugar. Já Nadal continua em sexto - seria assim mesmo com o título -, mas vai aparecer cada vez mais perto do terceiro lugar na atualização de segunda-feira. Já são menos de 800 pontos entre ele e Stan Wawrinka.

FEMININO

Se no masculino o Torneio de Acapulco reuniu alguns dos melhores tenistas do mundo, no feminino a competição é de terceiro escalão. A final também foi realizada na sexta-feira à noite, com vitória da ucraniana Lesia Tsurenko sobre a francesa Kristina Mladenovic por 2 a 0, parciais de 6/1 e 7/5.

Número 50 do ranking mundial, a ucraniana de 27 anos somou a terceira taça à sua coleção, depois de ser campeã em Istambul (Turquia) em 2015 e em Guangzhou (China) em setembro do ano passado. Na segunda-feira, ela aparecerá no 41.º lugar do ranking da WTA, enquanto Mladenovic, de 23 anos, estará em 26.º, melhor posto da carreira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.