George Nikitin/AP
George Nikitin/AP

Sampras perde partida de exibição para Verdasco

Aposentado desde 2003, ex-número 1 sente falta de ritmo de jogo e é derrotado por 2 sets a 0

AE, Agencia Estado

09 de fevereiro de 2010 | 08h56

Afastado do tênis profissional, o norte-americano Pete Sampras, ex-número 1 do mundo, mostrou alguns sinais do estilo de jogo que o consagrou em partida de exibição contra um tenista 12 anos mais novo. Na noite de segunda-feira, em San Jose, ele foi derrotado pelo espanhol Fernando Verdasco por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/2).

Sampras, que foi apoiado pelos torcedores durante os 57 minutos da partida, jogou três bolas para o público ao final do jogo e afirmou que se sentia "um pouco velho". O duelo com Verdasco foi o primeiro do tenista 14 vezes campeão de Grand Slams desde o confronto com Andre Agassi em outubro, vencido por ele por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/3 e 10/8, em Macau.

Aos 38 anos, Sampras, que se aposentou em 2003, reconheceu não ter mais o mesmo ritmo de jogo. Mas mesmo assim fez mais aces do que Verdasco na partida: 9 a 6. Ele, porém, não conseguiu ameaçar o serviço do espanhol em nenhum momento.

"Eu realmente nunca senti que eu poderia entrar em seus games de serviço. Devolver o saque é difícil para mim hoje. Isso é algo em que eu costumava fazer um trabalho muito bom. É mais difícil mover-se", analisou Sampras.

Este foi o terceiro ano seguido que Sampras disputou partidas de exibição em San Jose, onde foi campeão em 1996 e 1997. Ele aproveitou para elogiar Verdasco, que é o cabeça de chave número 2 do torneio neste ano. "Ele pode ganhar um Grand Slam".

Tudo o que sabemos sobre:
tênisPete SamprasFernando Verdasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.