Saque do próximo adversário preocupa Bellucci

Depois da vitória na estreia do Masters 1000 de Roma, ao derrotar nesta terça-feira o argentino Leonardo Mayer, o tenista brasileiro Thomaz Bellucci já pensa no seu próximo desafio. Nesta quarta, pela segunda rodada do torneio, ele enfrenta o norte-americano John Isner, que tem um saque muito potente.

AE, Agência Estado

27 de abril de 2010 | 17h54

"Será mais um jogo difícil de jogar. O Isner dá pouco ritmo e saca muito bem. Vou ter que entrar focado, esperando o momento certo para me impor na partida", afirmou o brasileiro, que ocupa o 28º lugar no ranking - o americano é o número 22 do mundo. Eles já se enfrentaram uma vez, com derrota de Bellucci.

Sobre a vitória desta terça-feira, quando fez 6/4, 3/6 e 6/1 no argentino, Bellucci disse ter sido mais consistente. "O Mayer esteve muito bem no segundo set, quase não errou e atacou o tempo todo. Mas eu sabia que ele não iria aguentar jogar nesse nível o tempo todo. Quando ele caiu um pouco de rendimento, eu acabei tomando conta do jogo", contou o brasileiro.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisMasters de RomaBellucci

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.