Saretta acaba com jejum e chega às quartas em Campos

Brasileiro bate o argentino Juan Pablo Villar por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/3) e 6/3 e avança

Chiquinho Leite Moreira, Especial para o Estadão

09 de agosto de 2007 | 14h52

Embalado pela conquista da medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos do Rio, Flávio Saretta continua com sua boa campanha no torneio challenger de Campos do Jordão, no interior de São Paulo. Nesta quinta-feira, ele venceu o tenista argentino Juan Pablo Vilar por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/3) e 6/3, e passou para as quartas-de-final.  "Foi um jogo chato, porque o cara não me deu ritmo para jogar. Ganhar o primeiro set foi crucial. Valeu a luta, fiquei concentrado o tempo topo. Agora é pensar na próxima", disse Saretta, que é o cabeça-de-chave número 1 do torneio em Campos do Jordão.  Nesta sexta-feira, Saretta volta à quadra para enfrentar outro argentino. É Horacio Zeballos, de quem o brasileiro perdeu na única vez em que se enfrentaram - no ano passado, em Buenos Aires.   A surpresa do dia foi a eliminação do campeão do ano passado em Campos do Jordão, o brasileiro Ricardo Mello, que perdeu nesta quinta-feira para o colombiano Michael Quintero por 6/2 e 7/6 (7/5).    Por outro lado, um bom resultado para o tênis brasileiro foi a vitória de Rogério Dutra Silva, que derrotou o argentino Gustavo Marcaccio por 5/7, 6/1 e 7/6 (8/6) e também avançou no torneio.  Queda nas duplas A dupla brasileira formada por Marcelo Melo e André Sá (14ª colocada do ranking mundial), que foi semifinalista em Wimbledon, acabou sendo eliminada do torneio challenger de Campos do Jordão, no interior de São Paulo. Os responsáveis pela surpresa foram os argentinos Eduardo Schwank e Horacio Zaballos, que venceram o jogo desta quinta-feira por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2. Atualizado às 18h56, para acréscimo de informações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.