Saretta e Cañas estréiam nesta terça no Aberto de São Paulo

Os dois maiores favoritos ao título do Aberto de São Paulo estréiam nesta terça-feira nas quadras montadas no Parque Villa Lobos, na capital paulista. O brasileiro Flávio Saretta, cabeça-de-chave número 1, joga contra Rogério Dutra Silva. O argentino Guillermo Cañas, que já foi top 10 e está voltando após suspensão por doping, pega o italiano Fabio Fognini. A programação começa às 10h e a entrada é franca.O duelo brasileiro promete ser bom. Tricampeão do torneio, Saretta terá uma estréia difícil. Rogério Dutra Silva, de 22 anos, foi o tenista brasileiro que mais subiu no ranking mundial no ano passado. Começou 2006 como 615.º do mundo e terminou em 263.º. Saretta, atual 118.º, defende o título do torneio e precisa vencer para não despencar no ranking.Guillermo Cañas estréia como maior favorito ao título. O tenista de 28 anos, que chegou ao número 8 do ranking em 2005, foi pego em um exame antidoping e ficou 15 meses sem jogar. Na volta, logo no primeiro torneio, conquistou o título do Challenger de Belém. Repetiu a dose em Montevidéu, Buenos Aires e Assunção e já está perto de voltar ao top 100. Nesta terça, não deve ter dificuldades contra o italiano Fognini.Outra atração do dia é o brasileiro Nicolas Santos. Prestes a completar 19 anos, ele terminou 2006 como o segundo melhor juvenil do mundo. Em 2007, decidiu se dedicar apenas aos torneios profissionais. Nesta terça, terá um duelo difícil contra o chileno Adrián Garcia, cabeça-de-chave número 8 do torneio.Entre os brasileiros que estrearam nesta segunda, o melhor resultado veio com Ricardo Hocevar, que venceu de virada o checo Adam Vekmalke por 2 sets a 1 - com parciais de 4/6, 6/3 e 6/0. Caio Zampieri, que recebeu um wild card (convite) da organização, caiu diante do alemão Dominik Meffert por 2 a 0 - parciais de 7/5 e 6/1. O argentino Diego Hartfield, cabeça-de-chave número 2, venceu o russo Yuri Schukin também por 2 a 0 (7/5 e 6/3).ÍndiaO ano começa também para o número 1 do Brasil. Thiago Alves estréia no ATP de Chennai, na Índia, contra o local Karan Rastogi, 497.º do mundo, que recebeu um convite da organização do torneio. Se passar pelo indiano, o brasileiro poderá ter uma parada complicada na segunda rodada, já que enfrentará o vencedor do duelo entre o espanhol Rafael Nadal, segundo colocado no ranking mundial, e o alemão Rainer Schuettler.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.