Saretta é eliminado na estréia em Lyon

Uma aparente displicência e a habitual instabilidade voltaram a vitimar Flávio Saretta. Desta vez, perdeu para o francês Arnaud Clement, na estréia do ATP Tour de Lyon, por 6/3 e 6/4, numa partida em que não teve chances. Não lutou o suficiente para superar o favoritismo do adversário. Saretta teve seu serviço quebrado por duas vezes. Ambas nos primeiros games de cada set. É bem verdade que no segundo ficou perturbado com uma discussão com o juiz de cadeira. Aplicou uma boa bola em cima da linha e ganharia vantagem no game. O fiscal de linha deu fora e Saretta perdeu o ponto, o controle emocional e o jogo. A discussão fez com que o tenista brasileiro passasse a jogar com displicência, ora dando curtinhas, ora batendo forte, mas tão forte que a bola saia longe. Não se recuperou mais, facilitando a vitória para Clement, um tenista que tem como característica fazer seu oponente jogar muito, pois corre em todas as bolas e devolve com regularidade. Agora Saretta deve permanecer na Europa para disputar o Masters Series de Madri. Depois continua jogando no carpete no ATP Tour de São Petersburgo, na Rússia, praticamente encerrando o ano. Na rodada desta quarta-feira, em Lyon, o alemão Rainer Schuettler despachou o campeão do ano passado, o francês Paul Henri-Mathieu, ao marcar 6/3 e 6/4. Outro ídolo da França, Sebastien Grosjean perdeu para um revelação de seu país, Nicolas Mahut por 4/6, 6/3 e desistência, enquanto Parador Srichaphan comprovou que gosta de carpete e venceu o espanhol David Sanchez por 5/7, 6/3 e 6/4. Guga - Já ao lado de seu técnico Larri Passos, Gustavo Kuerten faz nesta quinta-feira o seu último treino no Brasil antes de embarcar para os torneios de carpete na Europa. Na próxima semana, Guga joga em Madri, depois em São Peterburgo e encerra a temporada no Masters Series de Paris Bercy.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.